Comentaristas falam da vitória vascaína sobre o Jorge Wilstermann

15/02/2018 às 10h58 - FUTEBOL

Na noite da quarta-feira, pela terceira fase da Copa Libertadores da América, o Vasco ganhou de 4 x 0 do Jorge Wilstermann, em partida realizada no São Januário. Na volta, o Gigante da Colina pode perder por até três gols de diferença que irá avançar para fase de grupos do torneio continental.

VEJA COMO A IMPRENSA ANALISOU O TRIUNFO DO VASCO:

Edmundo (Fox Sports): tecnicamente o Vasco é muito superior ao Jorge Wilstermann, mas lá tem altitude e isso é muito individual. Mas, eu vi um Vasco muito maduro, eu vejo um treinador que sabe o que quer, que conhece o time adversário. O Vasco deu uma aula no primeiro tempo, no segundo tempo o Wilstermann trouxe algum problema para o Vasco, mas depois o time se acertou.

Carlos Eduardo Lino (SporTV): o primeiro tempo do Vasco foi um escândalo. O Vasco destruiu o Jorge Wilstermann no primeiro tempo. O Reasco entrou bem, o Pikachu fez mais uma bela partida.

Ricardo Martins (Esporte Interativo): já deu química (time do Vasco). São dez gols na Libertadores da América e não tomou nenhum. Os jogadores do Vasco vão só passear (no jogo de volta), o Vasco não vai perder o jogo lá de quatro. O Zé Ricardo é muito bom.

Mauro Cezar Pereira (ESPN Brasil): a saída do Nenê ajuda o Vasco, não tem mais a sombra do Luis Fabiano. Então, o Vasco começa a se virar com outros jogadores, esses garotos começando a ter mais confiança. O Vasco entrou para matar, liquidar, o quanto antes. E acabou fechando com um placar que o classifica praticamente.

Fonte: Torcedores.com

Enquete

Quem você gostaria que fosse o novo técnico do Vasco?

Deixe seu comentario