Especulações e Saídas clique aqui

Coordenador das divisões de base do Vasco critica empresários

04/04/2006 às 18h24 - CATEGORIAS DE BASE

O clube forma, mas o empresário leva. Palavras de Nelsinho Rosa, ex-treinador e coordenador das divisões de base do Vasco, clube tradicionalmente formador de craques.

Para o campeão brasileiro de 1989 no comando dos profissionais cruzmaltinos, a Lei Pelé e o fim do passe banalizaram as idas e vindas das jovens promessas.

- Antes, nós federávamos os garotos e eles eram do clube. Hoje, antes dos 16, eles não podem ser profissionalizados, assinar contrato. Não é raro ver garotos se destacando nos campeonatos aqui e, um ano depois, ficar sabendo que ele está em São Paulo, em Minas, em outros lugares. A Lei Pelé facilitou a vida dos empresários e é mais difícil as revelações fazerem todo o caminho até os profissionais num clube - diz.

Fonte: GloboEsporte.com