David sai em defesa de Vanderlei Luxemburgo

22/05/2019 às 08h14 - FUTEBOL

Ex-Corinthians, Santos, Cruzeiro e Flamengo, Deivid trabalhou com Vanderley Luxemburgo como jogador e auxiliar técnico e defendeu o treinador, em entrevista ao canal do Torcedores.com no Youtube nesta terça-feira (21).

Em conversa no programa Encontro com meu Ex, o ex-atacante Deivid protegeu o treinador Luxemburgo das críticas. “Foi o melhor treinador com que eu trabalhei. Esse cara ganhava jogos dentro do vestiário. É de um maldade muito grande falar que ele está ultrapassado. Fui jogador e auxiliar dele. Eu sei como ele trabalha”, disse.

Revelado pelo Santos, o ex-jogador afirmou que não queria sair da equipe do litoral paulista antes de acertar com o Corinthians. “Eu estava noivo na época e não queria sair de perto dela. Faltavam seis meses para acabar o contrato, mas o Santos não queria renovar”, relembrou.

“Eu comecei a me destacar no Paulista, marcando gols. O Vanderley queria contar comigo no Corinthians. Ele me ligou e disse que queria que eu participasse de um projeto no clube. O Santos não acreditou que eu tinha uma proposta e não quis renovar. Faltando um dia para encerrar o meu contrato, eles vieram com um escrivão falando que era um oficial de justiça e que não podia sair do Santos, mas eu acabei saindo e assinando com o Corinthians”

O Corinthians chegou a dever dinheiro para o atacante, que ainda viu a chegada de Liédson para a equipe. Com a saída de Luxemburgo para o Cruzeiro, o jogador pediu para ser liberado pelo clube alvinegro como forma de quitar a dívida.

Deivid foi atuar no clube mineiro ao lado do treinador, mas ficou apenas seis meses. Com um dos melhores começos de Campeonato Brasileiro da história – foram 15 gols em nove jogos -, foi negociado com o Bordeaux, da França. Deivid, entretanto, se arrepende da saída.

“Profissionalmente foi muito ruim para mim (a saída do Cruzeiro). Muitos clubes com mais expressão estavam me monitorando. Se eu tivesse esperado até o fim do ano, poderia ter chegado a um clube maior na Europa”, afirmou.

Fonte: Torcedores.com