Dirigentes do Vasco não negam a intenção de contar com Gómez

03/02/2020 às 22h53 - FUTEBOL

Com o mercado mapeado, o Vasco está intensificando negociações por contratações para 2020. A fraca campanha na Taça Guanabara fez a diretoria se movimentar para não ficar atrás no mercado. Com isso, o clube não vai aguardar a Taça Rio e já tem conversas em andamento. Houve contatos, com Jonathan Gómez, meia do São Paulo. O Torcedores.com apurou que os dirigentes dos dois clubes estão buscando entendimentos desde o último sábado. Após a derrota por 1 a 0 para o Botafogo pelo Campeonato Carioca, ficou ainda mais evidenciado a necessidade de se contratar um meia-ofensivo capaz de comandar o time cruzmaltino.

A princípio, a negociação está sendo conduzida pelo presidente Alexandre Campello e pelo diretor executivo Mário André Mazucco. Por outro lado, Raí, coordenador técnico do Tricolor Paulista está à frente das tratativas e deseja concretizar o quanto antes a transação. Afinal, Jonathan Gómez de 30 anos não está sendo utilizado pelo técnico Fernando Diniz após retornar de empréstimo. O argentino defendeu o CSA no último Campeonato Brasileiro. Os dirigentes tanto do Vasco quanto do São Paulo foram procurados pela reportagem. Porém, as partes não comentam sobre negociações em andamento por uma questão de estratégia.

No início da noite desta segunda-feira, a reportagem do Torcedores.com entrou em contato com dirigentes do Vasco, que não negaram a intenção de contar com Jonathan Gómez, mas frisaram as dificuldades de concretizar o negócio. À primeira vista, o São Paulo exige que o clube de São Januário assuma o pagamento integral dos vencimentos do argentino até o final da temporada. Porém, os dirigentes vascaínos desejam pagar a metade do salário do atleta.

A negociação com Jonathan Gómez é um pedido do técnico Abel Braga que vê no argentino uma opção para o setor de criação do time. Afinal, o treinador está impedido de escalar o meia Bruno César por determinação do presidente Alexandre Campello. Segundo funcionários do departamento de futebol do Vasco, o ex-meia de Benfica e Sporting, foi afastado pelo dirigente por deficiência técnica no começo deste ano.

Jonathan Gómez foi contratado pelo São Paulo em 2017. Porém, o argentino nunca conseguiu se firmar no futebol brasileiro. Nesse ínterim, fez apenas 12 jogos com a camisa do Tricolor Paulista. Posteriormente foi emprestado para o Al-Fayha, da Arábia Saudita, onde também não decolou. No Oriente Médio, o argentino disputou somente 18 partidas e marcou dois gols. Logo depois, voltou para o São Paulo e acabou recebendo algumas oportunidades com o técnico André Jardine.

Em 2019, Jonathán Gómez disputou 26 jogos e marcou cinco gols com a camisa do CSA. Porém, o gringo não conseguiu evitar o rebaixamento da equipe alagoana para a segunda divisão do futebol brasileiro. O argentino, por sua vez, foi oferecido recentemente ao Cruzeiro. Porém, ele não se empolgou com a possibilidade de atuar pela equipe mineira. Nesse ínterim, o jogador recebeu ofertas do Guarani, do Paraguai, além de dois clubes do Nordeste.

A reportagem apurou que Ceará e Fortaleza manifestaram interesse em contratar Jonathan Gómez. Os representantes do argentino já receberam as ofertas e avaliam os projetos dos dois clubes. Por outro lado, o técnico Abel Braga mantém a esperança de que o Vaso será capaz se superar a limitação financeira para reforçar o elenco visando a sequência da temporada.

Fonte: Torcedores.com