Edmundo projeta eleição e torcida vascaína desconfia

09/08/2020 às 16h00 - CLUBE

O Vasco inicia na próxima quinta-feira (13), às 19h, em São Januario, contra o Sport, sua trajetória no Campeonato Brasileiro 2020. Enquanto a bola não volta a rolar, Ramon Menezes vai fazendo seus últimos ajustes no elenco para enfrentar o Leão, que na último sábado (8), venceu o Ceará por 3a2, na Ilha do Retiro.

O grande assunto do dia no Vasco está longe de ser dentro de campo. Com as eleições do clube se aproximando, as chapas que irão concorrer ao pleito começam a se articular. Mais cedo, em live no Instagram, o ex-atacante Edmundo, da coligação “Ao Vasco tudo, sempre”, admitiu que pode ser o presidente do Cruz-Maltino no futuro.

“Se Deus quiser vamos ganhar a eleição esse ano e eu vou ser presidente. No futuro vou ser presidente”, respondeu a um torcedor que estava acompanhado a live do ídolo vascaíno. 

As eleições para saber quem será o novo presidente do Vasco estão marcadas para novembro. Até aqui, o clube já tem cinco pré-candidatos na eleição do Vasco: Luís Roberto Leven Siano, Luís Manoel Fernandes, Fred Lopes, Nelson Medrado Dias e Augusto Ariston. Pela chapa “Sempre Vasco", Edmundo deve lançar o seu candidato em breve. É provável que Júnior Brant seja o escolhido, mas o discurso do ex-atacante deixou muito torcedor desconfiado que ele possa ser lançado como o principal nome do grupo. 

Nas redes sociais, os torcedores reprovaram a ideia de Edmundo em se candidatar presidente nessa eleição ou nas próximas. A maioria afirma, que o ídolo pode ter o mesmo destino de Roberto Dinamite e se queimar dentro do Almirante. Já outros acham que ele não tem perfil para assumir o Cruz-maltino e deveria ficar apenas como cabo eleitoral.

Fonte: Bolavip