Em busca da formação ideal, Valentim deve repetir o time pela 1ª vez

01/11/2018 às 16h35 - FUTEBOL

Alberto Valentim foi pego de surpreso e saiu do Egito com apenas três jogos no Pyramids. Em poucos dias, fechou com Vasco e estreou no comando com apenas um treino. Entre desfalques, lesões e testes, o treinador completou doze jogos no clube buscando a formação ideal. Neste sábado, contra o Fluminense, pode, enfim, repetir uma escalação pela primeira vez.

Sem suspensos e lesionados em relação a última partida, Valentim saiu satisfeito com o desempenho diante do Internacional. O esquema com três volantes ficou para trás e o time ganhou com a velocidade pelos lados. O técnico deve manter o que deu certo na última sexta em São Januário.

- O esquema mudou um pouco. A característica com Marrony é outra, com mais velocidade, sem três volantes. Com Andrey chegando mais a frente, dois abertos, eu por um lado. Tivemos mais opções de ataque, sem deixar o Maxi tão isolado como aconteceu em outros jogos - afirma Pikachu, que confia em uma evolução contra o Fluminense.

- A gente vem fazendo nos treinamentos e tentamos levar para o jogo para criar jogadas de perigo mais vezes. Quando saímos atrás no placar, precisamos fazer muito mais força para tentar virar.

O LANCE! relembra as formações tentadas por Alberto Valentim até agora no comando do Vasco. Já teve três volantes, dupla de ataque argentina, apenas um na contenção e até mesmo três laterais-esquerdos na mesma partida. Confira abaixo:

ATLÉTICO-PR
Em sua estreia com apenas um treino, Valentim mandou a campo o time já pré-estabelecido pelo auxiliar Valdir Bigode. O volante Bruno Silva foi usado na defesa ao lado de Luiz Gustavo e Vinícius Araújo atuou ao lado de Ríos.

Martín Silva, Lenon, Luiz Gustavo, Bruno Silva e Henrique; Leandro Desábato (Thiago Galhardo), Yago Pikachu, Raul, Vinícius Araújo e Andrey (Moresche); Andrés Ríos (Kelvin)
 
SANTOS
Contra o Peixe, no Maracanã, Valentim foi ousado e sacou Desábato da equipe. Não deu certo e o time foi derrotado por 3 a 0 com atuação ruim em casa. Kelvin foi titular no lugar de Vinícius Araújo e Wagner, que já saiu, no lugar do volante argentino.

Martín Silva; Lenon, Luiz Gustavo, Bruno Silva e Henrique; Andrey (Andrés Rios), Yago Pikachu, Raul e Wágner; Kelvin (Thiago Galhardo) e Maxi López


AMÉRICA-MG
No Horto, Thiago Galhardo ganhou a chance de iniciar jogando mas não teve boa atuação e foi sacado no intervalo. A terceira derrota em três jogos.

Martín Silva, Lenon, Luiz Gustavo, Bruno Silva e Henrique; Desábato(Andrey), Yago Pikachu(Marrony), Raul, Thiago Galhardo(Andrés Rios) e Wágner; Maxi López

VITÓRIA
Willian Maranhão, contratado dias antes, estreou e já iniciou como titular no Barradão. Na frente, Pikachu foi poupado e a dupla de ataque foi formada pelos argentinos Ríos e Maxi.

Martín Silva, Lenon, Luiz Gustavo, Werley e Ramon; Leandro Desábato(Marrony), Raul, Willian Maranhão(Kelvin) e Wagner(Yago Pikachu); Andrés Rios e Maxi López

FLAMENGO
Contra o rival em Brasília, Leandro Castan retornou de lesão e foi bem no comando da defesa. Valentim surpreendeu no meio de campo, com três volantes de marcação e Fabrício como meia armador.

Martín Silva, Lenon, Luiz Gustavo, Leandro Castan e Ramon; Bruno Silva, Raul (Andrey), Willian Maranhão e Fabrício (Giovanni Augusto); Andrés Rios (Marrony) e Maxi López

BAHIA
​Em casa, Valentim foi ousado e escalou apenas um volante para buscar a vitória no confronto direto. Willian Maranhão na contenção, Galhardo e Fabrício como meias e Pikachu e Ríos como pontas. 

Martín Silva, Lenon (Giovanni Augusto), Leandro Castán, Luiz Gustavo e Ramon; Willian Maranhão, Yago Pikachu, Thiago Galhardo (Marrony) e Fabrício (Kelvin); Andrés Rios e Maxi López

SANTOS
No Pacaembu, Rafael Galhardo herdou a vaga de Lenon e a dupla de volantes foi formada por Andrey e Cosendey. Maxi López, suspenso, não atuou.

Martín Silva, Rafael Galhardo (Marrony), Luiz Gustavo, Leandro Castán e Henrique; Willian Maranhão, Andrey e Bruno Cosendey (Giovanni Augusto); Yago Pikachu (Oswaldo Henríquez), Fabrício e Andrés Rios.

PARANÁ
Contra o lanterna, Valentim deu oportunidade a Giovanni Augusto no meio de campo, com Pikachu, Ríos e Maxi López na frente. Willian Maranhão e Bruno Cosendey formaram a dupla de volantes.

Martín Silva; Rafael Galhardo (Kelvin), Luiz Gustavo, Leandro Castan e Ramon; Willian Maranhão, Bruno Cosendey (Thiago Galhardo), Giovanni Augusto e Yago Pikachu; Andrés Ríos (Oswaldo Henríquez) e Maxi López.

BOTAFOGO
Sem Castan, suspenso, Henríquez ganhou a vaga na defesa em uma formação surpreendente de Valentim. Três laterais-esquerdos escalados na mesma equipe: Ramon, de fato na lateral; Fabrício como meia; Henrique como ponta-esquerda. 

Fernando Miguel, Yago Pikachu, Luiz Gustavo, Oswaldo Henríquez e Ramon(Marrony); Willian Maranhão(Bruno Cosendey), Andrey, Fabrício(Giovanni Augusto) e Henrique; Andrés Ríos e Maxi López

CRUZEIRO
Em São Januário, Valentim esperava escalar Raul no meio de campo. O volante sentiu dores horas antes e o garoto Bruno Ritter teve a chance de estrear nos profissionais. Boa partida e vitória por 2 a 0 em casa.

Fernando Miguel, Luiz Gustavo, Werley, Leandro Castán (Oswaldo Henríquez) e Ramon; Bruno Cosendey, Andrey, Fabrício (Giovanni Augusto) e Yago Pikachu; Bruno Ritter e Maxi López

SPORT
Em confronto direto, Willian Maranhão e Desábato herdaram as vagas de Andrey e Cosendey no meio de campo. Não deu certo e o time saiu derrotado da Ilha do Retiro.

Fernando Miguel, Rafael Galhardo, Werley, Leandro Castán e Ramon; Leandro Desábato(Bruno Cosendey), Bruno Ritter(Giovanni Augusto), Willian Maranhão, Yago Pikachu(Andrés Rios) e Fabrício; Maxi López

INTERNACIONAL
Em casa e precisando da vitória, Valentim deu a primeira chance ao garoto Marrony de iniciar uma partida. Apesar de só ter buscado o empate nos últimos minutos do jogo, a exibição da equipe agradou a torcida e a comissão técnica.

Martín Silva, Luiz Gustavo, Werley, Leandro Castán e Ramon; Andrey, Willian Maranhão(Raul), Yago Pikachu e Fabrício(Thiago Galhardo); Marrony(Kelvin) e Maxi López.

Fonte: lance.com.br