Henríquez é alvo de 3 clubes colombianos, mas pode seguir no Vasco

15/01/2020 às 15h18 - CLUBE

O Junior Barranquilla, Independiente Medellin e Tolima querem contratar um zagueiro, e Oswaldo Henríquez já foi procurado pelos clubes. Desde o Campeonato Brasileiro, onde foi se destacou pelo Vasco, as partes começaram a conversar. Após o fim do contrato com o Gigante da Colina, os times colombianos começaram a buscar informações sobre o atleta.

O Torcedores.com apurou que Henríquez tem pedido aos clubes colombianos, cifras na casa dos US$ 80 mil (R$ 250 mil) por mês, somando premiações por metas e luvas pela assinatura do contrato. Isso é o mesmo que R$ 3 milhões por ano, montante que nenhum jogador do futebol colombiano ganha.

Existem alguns pontos que fazem os dirigentes acreditarem na evolução da negociação, revelada por um empresário que foi procurado pela reportagem. Apesar do valor considerado alto, os clubes ofereceram o maior contrato ao atleta: dois anos. Já o Vasco ofereceu vínculo de um ano com possibilidade de extensão por mais uma temporada.

Além disso, o Junior Barranquilla, Independiente Medellin e Tolima calendário internacional em 2020. Os três clubes irão representar a Colômbia na próxima Copa Libertadores da América e atravessam um bom momento econômico com salários e premiações em dia. Por outro lado, o Vasco jogará a Copa Sul-Americana nesta temporada. Além disso, o clube de São Januário atravessa crise financeira sem precedentes com salários atrasados, penhoras e uma enxurrada de processos na esfera trabalhista.

Recentemente, Henríquez foi sondado pelo Fortaleza. O Leão do Pici, que tem em seu elenco Juan Quintero, Jackson, Roger Carvalho e Paulão, está no mercado em busca de um zagueiro experiente. Afinal, o tricolor cearense vai disputar pela primeira vez na história uma competição internacional. Nesta temporada, o clube comandado por Rogério Ceni jogará a Copa Sul-Americana.

Apesar de desejar seguir no futebol brasileiro, Henríquez nunca escondeu a vontade de regressar ao futebol colombiano para ter a oportunidade de vestir a camisa de seu país. Aos 30 anos, ele nunca defendeu a Colômbia. Porém, segundo a imprensa local, o zagueiro vem fazendo por merecer uma chance com o técnico Carlos Queiróz.

A situação da zaga após a saída de Henríquez do Vasco

Hoje, o técnico Abel Braga tem em mãos um elenco limitado para a disputa do Campeonato Carioca. Ele conta com quatro opções para a zaga após a saída de Oswaldo Henríquez. O treinador, até o momento, pode usar Leandro Castán, Werley, Ricardo Graça e Matheus Miranda, que teve atuações consistentes pelo Vasco na Copa São Paulo. Vale lembrar que o colombiano vestiu a camisa do Vasco em 28 oportunidades e fez um gol em 2019.

Fonte: Torcedores.com