Imprensa analisa derrota do Vasco para a Universidad de Chile

14/03/2018 às 11h17 - FUTEBOL

Na noite de terça-feira, no São Januário, o Vasco perdeu de 1 x 0 para o Universidad de Chile, pela primeira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

Veja como a imprensa analisou a derrota do Gigante da Colina na competição continental:

Mauro Beting (blogueiro do UOL Esporte): O primeiro tempo já não foi bom. A única jogada interessante vascaína foi um cruzamento torto do Riascos que bateu na trave do inacreditável do goleiro chileno Johnny Herrera. Na segunda etapa, o excelente Paulinho entrou e já fez fumaça no primeiro lance. Mas ficou nisso.

Edmundo (Fox Sports): no primeiro tempo, o Vasco teve muita disposição e pouca organização. Quando se organizou um pouco melhor no primeiro tempo, criou oportunidades. No segundo tempo, voltou com Paulinho como alternativa de velocidade pelo lado do campo. O Paulinho em dois minutos fez mais que Wagner em 45 minutos. O Zé Ricardo errou em desproteger um zaga que não é confiável.

Tiago Maranhão (SporTV): com essa tabela do Vasco na fase de grupos da Libertadores, começar com essa derrota em casa a perspectiva do Vasco fica muito complicado daqui para frente. Vai ter que vencer jogos nos quais o Vasco não é favorito.

Roger Flores (SporTV): o Vasco no primeiro tempo pouco chegou ou quase não chegou. Em três minutos (no segundo tempo) o Vasco chegou duas vezes com Paulinho. Mas, a substituição que Zé Ricardo é criticado foi quando ele colocou Andrés Ríos no lugar de Desábato. Mas, pensando nesse regulamento, Vasco jogando em casa, depois tendo os dois adversários mais difíceis fora de casa, ele tinha que arriscar.

Globoesporte.com: o site destacou que o Vasco passou longe de merecer vencer os chilenos. Segundo análise do portal, “erros antigos que tornaram o time inofensivo, apesar do empurrão da torcida na arquibancada”.

Fonte: Torcedores.com

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario