Jornalistas analisam vitória vascaína contra o Atlético Mineiro

16/04/2018 às 20h23 - FUTEBOL

O Vasco da Gama teve uma boa estreia no Campeonato Brasileiro de 2018, com uma vitória, de virada, contra o Atlético-MG, no último domingo (15), em São Januário. O jogo contou com alguns lances polêmicos, como por exemplo o lance do pênalti marcado em Rildo, que resultou no segundo gol do Cruzmaltino.

Por isso, o Torcedores.com compilou opiniões de alguns dos jornalistas e comunicadores mais importantes da imprensa brasileira sobre a vitória do Vasco. Confira:

Milton Neves:

Para o apresentador de rádio e TV, o Vasco conseguiu uma grande vitória, já que estava perdendo a partida até os 40 minutos da segunda etapa. Milton ainda aproveitou para criticar o atacante Róger Guedes, do Galo, que errou um passe de calcanhar que culminou no pênalti.

“No Rio, o Atlético-MG perdeu uma grande oportunidade de estrear no Brasileirão com uma vitória fora de casa. Afinal, o Galo superava o Vasco até os 40 minutos do segundo tempo. Aí, o Cruzmaltino virou o jogo com gols de Wagner e de Pikachu (de pênalti). E o passe de calcanhar de Roger Guedes, hein? Simplesmente lamentável… Mas o Atlético dará a volta por cima“, escreveu.

Blog do Garone:

O jornalista André Schmidt enalteceu os jogadores do Vasco que entraram na segunda etapa (Thiago Galhardo, Andrés Rios e Rildo)  e mudaram o rumo da partida.

“Os gols que o Vasco vêm fazendo nos minutos finais não são ao acaso. São frutos de uma mudança de postura da equipe que passa necessariamente pela entrada destes jogadores. Vai funcionar sempre? É claro que não. Mas tem dado certo. Dos 40 gols marcados no ano, 15 foram anotados nos 20 minutos finais. Ou seja, após as primeiras trocas da equipe, que ocorrem normalmente após o minuto 15 da etapa final. E é esse Vasco, o incomodado, das jogadas incisivas, do um contra um, que definiu o triunfo deste domingo. Assim como já havia feito em outros momentos da temporada, mesmo com menos tempo em campo e muitas vezes tendo que correr atrás no placar“, escreveu.

Menon:

O jornalista analisou o aproveitamento do atacante Rildo, que entrou na segunda etapa e conseguiu cavar o pênalti nos acréscimos. “Rildo voltou ao Vasco e cavou um pênalti decisivo. Dia 26 haverá um novo julgamento mas parece que a história de ficar ausente enquanto João Paulo, que ele machucou em um lance grotesco, não puder voltar é pura ilusão“, escreveu.

Bruno Voloch:

O analista criticou algo que poucos se atentaram: o gol de Otero teria sido uma falha do goleiro Martín Silva?

“O jogador do Atlético-MG é um dos melhores chutadores do futebol brasileiro. Fato. Bola aparentemente defensável. Não foi uma falha gritante, mas Martín Silva errou. Erro que passou despercebido por causa da empolgante virada do Vasco nos minutos finais. O goleiro uruguaio tem crédito de sobra com a torcida. Muitos inclusive o consideram ídolo. Há um leve exagero nesse caso. Gente mais nova, provavelmente, que não conhece a história do clube. Martín salvou sim o Vasco em diversas oportunidades. O Vasco não teria avançado na Libertadores se não fosse ele. É um bom goleiro. Agora, ídolo? Martín, lembro bem, quase foi barrado em 2015 depois de um jogo contra o Palmeiras. O torcedor não deve lembrar, mas o goleiro entregou esse ano contra o Boavista e ano passado contra a Chapecoense. Na estreia do Vasco no Brasileirão repetiu a dose“, escreveu.

Neto:

O ex-jogador e atual comentarista destacou o bom resultado do Vasco em seu blog.

“Em São Januário, no Rio, o Atlético/MG saiu na frente do Vasco no golaço do Otero. Os mineiros controlaram o jogo quase que inteiro, mas no final os cariocas foram pra cima e marcara duas vezes. Com direito a gol do Pikachu no finalzinho. Boa estreia do time cruz-maltino!”, escreveu.

Fonte: Torcedores.com

Enquete

Qual a culpa dos problemas políticos do Vasco na campanha do clube no Brasileiro?

Deixe seu comentario