Mercado

Juan Carlos Carcedo foi oferecido ao Vasco, diz site

Após a negativa de Juan Pablo Vojvoda, que renovou contrato com o Fortaleza, o Vasco mudou o foco e avalia outros nomes no mercado da bola. A diretoria prioriza um profissional estrangeiro para comandar o clube em 2023.

O Torcedores.com apurou que o Vasco analisa alguns nomes que foram oferecidos por empresários, representantes e intermediários, e o mais recente é o de Juan Carlos Carcedo, de 49 anos, que tem apenas três anos de experiência comandando equipes profissionais.

No mercado desde que deixou o Real Zaragoza, da Espanha, no começo de novembro, Juan Carlos Carcedo tem em seu currículo o fato de ter sido o ‘braço direito’ do técnico Unai Emery nas últimas temporadas.

Números pelo Real Zaragoza (Fonte: oGol)

Jogos: 15

Vitórias: 4

Empates: 4

Derrotas: 7

Gols marcados: 9

Gols sofridos: 13

Aproveitamento: 26,67%

Ele foi auxiliar do experiente treinador em importantes clubes como Almería (2008), Valencia (2008 a 2012), Spartak Moscou (2012), Sevilla (2013 a 2016), Paris Saint-Germain (2016 a 2018) e Arsenal (2018 a 2020).

No Sevilla fez parte da comissão técnica que conquistou quatro vezes a Liga Europa (2013/2014, 2014/2015, 2015/2016 e 2019/2020). Além disso, faturou o Campeonato Francês, a Copa da França, a Taça da Liga Francesa e a Supercopa da França pelo PSG.

Ainda segundo apurou a reportagem, Juan Carlos Carcedo não é tratado como prioridade pelo Vasco, que não descarta, mas, neste momento, não demonstra empolgação com a possibilidade de contratar o espanhol.

Números pelo UD Ibiza (Fonte: oGol)

Jogos: 52

Vitórias: 25

Empates: 15

Derrotas: 12

Gols marcados: 67

Gols sofridos: 40

Aproveitamento: 48,08%

Juan Carlos Carcedo foi um meio-campista de pouca qualidade que fez carreira atuando por clubes de menor investimento na Espanha. Viveu o auge da carreira em 2000, quando foi contratado pelo Atlético de Madrid. No entanto, disputou apenas 12 jogos oficiais pela equipe.

Logo após pendurar as chuteiras atuando pelo Las Palmas em 2006, Juan Carlos Carcedo se dedicou aos estudos. Após de formar em Educação Física, ele obteve a Licença Pro da UEFA para comandar equipes nas principais ligas da Europa.

Dois anos depois iniciou a parceria com Unai Emery no Almería. A dupla foi desfeita após Juan Carlos Carcedo decidir seguir carreira solo. Posteriormente, comandou o UD Ibiza e o Real Zaragoza, ambos da Espanha.

Fonte: Torcedores.com