Martin: "Sei o que está acontecendo, mas durmo com a consciência tranquila"

10/12/2018 às 17h15 - FUTEBOL

A passagem do goleiro Martin Silva está chegando ao fim no Vasco. O jogador, que chegou ao clube em 2014 após se destacar pelo Olímpia, possui propostas do futebol paraguaio. Uma é do Libertad, que ofereceu um salário até maior do que o uruguaio recebe no Vasco. No entanto, o clube não está disposto a arcar com qualquer custo além dos vencimentos do atleta, sugerindo que Martin Silva entre na justiça para tentar a liberação, o que foi prontamente negado pelo goleiro. A outra proposta é do Cerro Porteño. 

Com a permanência do técnico Alberto Valentim, Martin Silva perdeu ainda mais espaço. O treinador não deseja contar com o goleiro para o ano que vem. Com isso o Vasco aceita liberar o uruguaio desde que o clube interessado pague a dívida do Cruzmaltino com o jogador, algo em torno de R$ 700 mil. Entretanto o Vasco esbarra na identificação do goleiro com o clube. Apesar do mal momento, muitos torcedores não querem a saída de Martin Silva e a diretoria teme as críticas. 

Desejo de Martin Silva é permanecer 

Em meio a todo o processo de fritura que vem sofrendo no Vasco, Martin Silva deseja permanecer no clube. O uruguaio possui muita identificação com o Cruzmaltino e sua família está totalmente adaptada ao Rio de Janeiro. Tanto que em outras oportunidades, o uruguaio recusou propostas de Boca Juniors e São Paulo. Em contato telefônico com a reportagem do Esporte 24 Horas, Martin Silva preferiu não dar entrevista, mas revelou estar com a consciência tranquila. 

"Muito obrigado pelo interesse em querer uma entrevista, mas prefiro não falar. Eu durmo com a consciência tranquila. Eu sei o que está acontecendo, mas estou tranquilo. Obrigado pela intenção de mostrar o meu lado". 

Sobre uma possível saída, o uruguaio afirmou apenas que possui contrato até dezembro 2020. Martin Silva é considerado um dos pilares do time desde a sua chegada, em 2014. Ao todo, disputou 242 jogos, conquistando Bicampeonato Carioca em 2015 e 2016. 

Foto: Twitter de Felipe SchmidtMartin Silva
Martin Silva

Confirmado

Você aprova a saída de Martín Silva?

Fonte: Esporte24Horas