Opinião: O que esperar do Vasco no segundo semestre?

15/06/2018 às 08h14 - FUTEBOL

O primeiro semestre do Vasco foi razoável. A equipe não conseguiu títulos. É verdade que ficou perto da taça com o vice-campeonato carioca, porém, não conseguiu ir além da fase de grupos da Copa Libertadores e ficou praticamente com os dois pés fora da Copa do Brasil.

O Gigante da Colina fechou a metade da temporada, com 16 vitórias, sete empates e 14 derrotas, o quarto pior aproveitamento entre os 20 clubes que disputam a elite. A equipe tem ainda a pior defesa, com 58 gols sofridos, um a mais que o Vitória.

Pegando como parâmetro apenas o Brasileirão, o Vasco teve sete duplas de zaga diferentes em 11 jogos disputados. Os técnicos Zé Ricardo, Valdir Bigode (interino) e Jorginho sofreram com problemas de lesão e suspensão. Para se ter uma ideia, na derrota para o Inter, Paulão, Werley, Breno e Ricardo não puderam atuar. As baixas abriram chance para o jovem Miranda estrear entre os profissionais.

O que esperar para o segundo semestre?

A equipe disputará três competições: o Brasileirão, a Copa do Brasil e a Copa Sul-Americana. O técnico Jorginho e toda sua comissão terão tempo de sobra para colocar o elenco na ponta dos cascos para o retorno dos jogos oficiais após a parada para a Copa. O primeiro compromisso está marcado para o dia 16 de julho, contra o Bahia, em São Januário, pelo jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil.

O Gigante da Colina precisará ter uma atuação impecável para evitar a eliminação. Só vitória por quatro ou mais gols de diferença garante a classificação para a próxima fase, já que no jogo de ida o Tricolor de Aço fez 3 a 0, na Fonte Nova.

Provavelmente, Jorginho voltará a ter à disposição o zagueiro Breno, o volante Bruno Silva e o atacante Kelvin, desfalques nos últimos jogos por lesões. O zagueiro Werley, com fratura no braço, só de voltar no final de agosto. Já Rildo, que foi submetido à cirurgia no ombro no início de maio, deve voltar apenas na reta final da temporada.

Reforços chegarão no segundo semestre. Um deles está confirmado: o lateral-direito Lennon, emprestado pelo Guarani. Ele disputará posição com Rafael Galhardo e Luiz Gustavo, zagueiro de origem que foi usado como lateral nos últimos jogos do primeiro semestre.

De acordo com o Globoesporte.com e a Rádio Itatiaia, o Vasco fez consulta ao Cruzeiro pelo zagueiro Digão, que disputou apenas três jogos na temporada.

Segue indefinida a situação do atacante Andrés Ríos, que tem contrato se encerrando em junho. Ainda não houve acordo entre as partes para a renovação.

Dá para imaginar o seguinte time base do Vasco para o segundo semestre: Martín Silva; Rafael Galhardo (Luiz Gustavo ou Lennon), Breno, Paulão e Henrique (Ramon); Desábato e Andrey; Yago Pikachu, Giovanni Augusto e Wagner; Andrés Ríos (Caio Monteiro).

O elenco volta aos treinamentos no próximo dia 25, no Complexo Esportivo de São Januário.

Fonte: Torcedores.com

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario