Saiba quanto o Vasco arrecadará com o dinheiro do Sócio Gigante

23/06/2020 às 18h38 - CLUBE

Desde o começo de maio, o Vasco da Gama vem pedindo "socorro" à torcida para que os planos do programa de sócios-torcedores do clube, o "Sócio Gigante", sejam renovados. Os vascaínos e vascaínas, cientes da dificuldade financeira que o clube passa, resolveram abraçar o clube e vão ser importantíssimos para respiro financeiro do clube em 2020. O fato é: a meta foi batida. 

Mais de 90 mil renovações - 90.808 até o momento desta reportagem - foram feitas. No site sociogigante.com, o torcidômetro marca 115.153 sócios. Como esses números variam quase que em tempo real, resolvi tomar como base o número de 115.162 sócios (visto no momento da coluna) para destrinchar quanto o Vasco vai ganhar, mensalmente, com o Raio-X de cada plano, usando valores aproximados e cruzados com os preços de cada plano.


Confira o detalhamento: 

PLANOS: QUANTIDADE / PREÇO / VALOR ARRECADADO MENSALMENTE

- CALDEIRÃO: 43.698 / R$ 24,98 / R$ 1.091.576,04 

- NORTE A SUL:  21.549 / R$ 14,98 / R$ 322.804,02   

- CAMISAS NEGRAS: 17.242 / R$ 7,98 / R$ 137.59 1,16

- COLINA:  11.632 / R$ 39,98 / R$ 465.047,36 

- CALDEIRÃO MAIS: 9.847 / R$ 69,98 / R$ 689.093,06 

- ESTATUTÁRIO*: 8.235 / - / R$ - 

- COLINA MAIS: 2234 mil / R$ 109,98 / R$ 245.695,32 

- ALMIRANTINHO: 725 / R$ 9,90 / R$ 7.177,5

TOTAL: 115.162 MIL SÓCIOS - VERBA MENSAL: R$ 2.958.984,46 

 

Ou seja: multiplicando o total encontrado por seis meses, tempo mínimo de renovações no programa "Sócio Gigante", o Vasco terá um valor total de R$ 17.753.906,8 proveniente apenas dos sócios-torcedores.

SÓCIOS ESTATUTÁRIOS*

Com o valor trabalhado em cima dos 115.162 sócios, há uma parcela de 7,15% de sócios estatutários. São os que têm direito a voto nas eleições do clube. Porém, nesta categoria, há muitos sócios remidos (que não pagam mensalidade), além de outros inadimplentes. Como 2020 é um ano eleitoral e, em 2019, foi aprovada a adição da categoria "Sócio Geral" nas votações presidenciais, é difícil quantificar precisamente quanto os 8.235 sócios estatutários geram ao clube.

Além disso, a lista de sócios estatutários com fatores cruciais e que poderiam ajudar nesta conta foi liberada, pelo presidente Alexandre Campello, com informações ausentes, inclusive as financeiras, o que impossibilita a verificação completa dos adimplentes. 

Mas as mensalidades dos sócios estatutários (Propietário e Geral) variam entre 69,98 e 80 reais, um valor considerado alto perante às outras categorias do programa "Sócio Gigante". Segundo a minha apuração, o valor aproximado de arrecadação com os sócios estatutários é de R$ 250 mil por mês. Somado aos cerca de R$ 2,96 milhões que o clube obterá só com os sócios-torcedores, a quantia mensal fica na casa dos R$ 3,2 milhões.  Desta forma, todos os sócios do Vasco nos próximos seis meses vão gerar algo em torno de R$ 19,2 milhões aos cofres cruz-maltinos. 

META BATIDA

Uma das minhas primeiras colunas aqui no BolaVip foi a entrevista com o diretor do Sócio-Gigante Eduardo Sá. A meta do clube era justamente bater, pelo menos, 90 mil renovações e arrecadar um valor próximo aos 20 milhões de reais, como no fim de 2019, com a adesão em massa da torcida do Vasco. A campanha #BoraRenovar deu certo. E, mais uma vez, o socorro pedido pelo clube foi atendido pela torcida. 

E O DESTINO DO DINHEIRO? 

Na última semana, o Vasco recebeu R$ 16,4 milhões do Atlético-MG, que comprou o atacante Marrony. O dinheiro foi utilizado para o pagamento de três folhas salariais dos funcionários, algumas férias pendentes e um mês de vencimentos aos atletas. O restante do montante foi utilizado para pagamento de acordos judiciais, dívidas operacionais (água, luz, saúde e segurança) e, no momento, o departamento financeiro do clube segue buscando pagar mais um mês aos jogadores. 

Como o dinheiro dos sócios-torcedores é arrecadado mensalmente (valor já mostrado acima), o departamento financeiro junto ao presidente Alexandre Campello vão avaliar caso a caso pois as dívidas do clube não se remetem apenas a salários, mas também aos empréstimos feitos no final de 2019 e o seguimento dos acordos judiciais. A salvação para que o dinheiro dos sócios seja utilizado apenas para pagamento salários seria a venda de mais um jogador, porém, caso isto não aconteça, o mais provável é que a verba arrecadada seja direcionada para a quitação de outras dívidas. 

 

Foto: Sócio GigantePorcentagem de pessoas por planos do programa de sócios-torcedores do Vasco
Porcentagem de pessoas por planos do programa de sócios-torcedores do Vasco

Fonte: Coluna Lucas Pedrosa - Bolavip