Vasco tem seu pior início de Brasileirão na era dos pontos corridos

03/05/2019 às 10h38 - FUTEBOL

Aos 44 minutos do segundo tempo, o brilhantismo de Chará ofuscou uma reação vascaína. Com um lindo chute, o colombiano colocou números finais na vitória do Atlético-MG sobre o Vasco por 2 a 1. Com isso, o Cruz-Maltino conheceu a sua segunda derrota no Brasileirão, em duas rodadas, fato que jamais aconteceu desde 2003, quando a fórmula do torneio mudou. Apesar de ainda ser cedo, o time carioca começa o campeonato com o sinal de alerta ligado por um início de campanha pior que nos três anos em que foi rebaixado para a série B.

Um levantamento realizado Torcedores.com revelou que nos 17 anos em que o Brasileirão passou a ser disputado por pontos corridos, o Vasco jamais havia deixado de somar ponto nas duas primeiras rodadas. As campanhas consideradas piores do clube aconteceram em 2004 e em 2010, quando conquistou um ponto em dois jogos. Nos anos em que desceu para a série B, por exemplo, o Vasco tinha na conta três pontos, em 2008 e 2013, e dois em 2015. Em 2019, são seis gols sofridos, dois marcados, nenhum ponto conquistado e a preocupação da torcida, já que é o 20° colocado na tabela.

O baque das más atuações pode ser refletida nas recentes eliminações do clube de São Januário em competições importantes. Na final do Campeonato Carioca, por exemplo, o Vasco foi superado pelo arquirrival Flamengo nos dois jogos, perdendo ambos por 2 a 0 e ficou sem o título carioca, após bom início de temporada. Já nos duelos da Copa do Brasil, o Cruz-Maltino perdeu para o Santos, na Vila Belmiro, por 2 a 0 e até chegou a vencer em casa, por 2 a 1, mas o placar não foi o suficiente e o time acabou eliminado antes mesmo de chegar às oitavas de final.

Apesar de todos os problemas, o elenco se mantém confiante na recuperação enquanto aguarda a definição de quem será o novo treinador. A diretoria fez contato com Dunga, que não treina uma equipe desde 2016, quando dirigiu a seleção brasileira, entretanto, o alto salário do treinador pode ser um entrave. Nomes como Vanderlei Luxemburgo e Jair Ventura também foram cogitados, mas encontram rejeição por parte da diretoria. Especula-se um possível acerto com Maurício Barbieri, ex-flamengo que estava no Goiás.

Para tentar reverter a maré ruim e somar seu primeiro ponto no Brasileirão de 2019, o Vasco recebe o Corinthians no próximo sábado (04), na Arena Amazônia, às 19h, pela 3ª rodada do campeonato, após vender o mando de campo para o local. Vale lembrar que os cariocas não vencem os paulistas pela competição desde 13 de janeiro de 2010. Por isso, precisam quebrar um longo tabu para se recuperar na tabela de classificação.

Fonte: Torcedores.com