Vasco tenta reduzir dívida com Henríquez, que pode voltar

04/05/2020 às 08h15 - FUTEBOL

Sem clube desde que deixou o Vasco, no fim do ano passado, Oswaldo Henríquez tenta voltar a São Januário. O Torcedores.com apurou que o colombiano sondou alguns integrantes da comissão técnica para saber a possibilidade de retornar a Colina Histórica. A ideia, porém, divide opinião entre os dirigentes cruzmaltinos. O jogador, antes de mais nada, dificultou ao máximo a negociação para renovação de seu contrato. Além disso, foi inflexível em momentos de tensão durante as tratativas.

O jogador nunca escondeu o desejo de renovar seu contrato com o Vasco. O presidente Alexandre Campello e o empresário Thiago Manoel, representante do defensor, tiveram reuniões proveitosas no final do ano passado. Nesse ínterim, as partes chegaram a um acordo sobre a dívida que o clube tem com o atleta.

A reportagem apurou que Oswaldo Henríquez não recebeu salários de novembro e dezembro. O Vasco deve ainda o 13º salário, FGTS, férias e três meses de direitos de imagem. O zagueiro tem US$ 221 mil (R$ 1,2 milhão) para receber. Contudo, o departamento jurídico não enviou uma proposta de parcelamento para o representante do jogador.

Henríquez tentou facilitar um acordo com a diretoria do Vasco, mas não recebeu uma posição para o parcelamento do débito. Cansado de esperar, o jogador começou a avaliar ofertas de clubes da Colômbia. Nesse ínterim, foi procurado por Independiente Medellin e Millionarios. Porém, rechaçou os dois clubes a fim de tentar se manter no futebol brasileiro.

O Vasco não esconde que tem o desejo de contratar um zagueiro para reforçar o elenco. O vice-presidente de futebol, José Luiz Moreira, está movimentando no mercado. O dirigente entende que o clube pode se beneficiar da paralisação do futebol por causa da pandemia do novo coronavírus para encontrar um jogador que se encaixe na realidade financeira vascaína.

Vasco tenta reduzir dívida com Henríquez

O Torcedores.com apurou que o desfecho da negociação, no entanto, depende da definição do valor a ser pago a Oswaldo Henríquez. O presidente Alexandre Campello está tratando diretamente do assunto. O dirigente, inclusive, deseja reduzir em 50% a dívida com o atleta. Por outro lado, Henríquez, segundo fontes ouvidas pela reportagem, não demonstrou empolgação com a modalidade de acordo. Porém, o colombiano prometeu fazer uma contraproposta ao dirigente.

A princípio, a negociação é independente do departamento de futebol. Porém, a volta de Oswaldo Henríquez conta com a aprovação do técnico Ramon Menezes. Se realmente acertar com o Vasco, o defensor receberá R$ 50 mil por mês, além de abrir mão de parte do valor total. Caso consiga chegar a um entendimento, o colombiano pode voltar ao clube após o período de quarentena.

Oswaldo Henríquez foi contratado pelo Vasco em 2018. Ele disputou 40 jogos e marcou um gol pelo clube. O zagueiro não disputa uma partida oficial desde o dia 8 de dezembro do ano passado. Na ocasião, o colombiano atuou 90 minutos no empate por 1 a 1 com a Chapecoense, em São Januário, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

Fonte: Torcedores.com