Vitória sobre Nova Iguaçu é encarada como obrigação no Vasco

23/01/2007 às 10h12 - FUTEBOL

Mal acabou de ganhar do técnico Renato Gaúcho a braçadeira de capitão, o cabeça-de-área Ygor já fez uma exigência aos companheiros do Vasco. O jogador não quer saber de dar chance para a zebra na estréia do clube na Taça Guanabara, amanhã contra o Nova Iguaçu, às 19h30, em São Januário.

O capitão vascaíno enfatizou a importância de uma vitória na estréia, principalmente porque o Vasco vai enfrentar uma das equipes consideradas ‘pequenas’.

Segundo ele, é preciso respeitar o adversário, mas o Vasco não pode admitir outro resultado que não seja a vitória. \"Em competições de curto prazo, não se pode perder pontos para times pequenos, ainda mais em casa. Temos de nos impor diante de nossa torcida, até para ganhar a confiança dela\".

Renato Gaúcho concordou com seu capitão, mas pediu paciência ao torcedor, principalmente com Darío Conca. Ontem, o argentino foi liberado do treino para viajar ao Paraguai e voltar ao Brasil . Com isso, pôde regularizar o visto de trabalho.

Renato sabe que Conca ainda não está no melhor de sua forma. \"Ele precisa de um tempo para se adaptar. Não é fácil estar num país diferente, sem conhecer ninguém. É preciso paciência, pois o garoto é craque\", ressaltou.

Fonte: O Dia Online