2017 foi ano de grande aproveitando dos goleiros oriundos da base no Vasco

31/12/2017 às 17h01 - FUTEBOL

O bom trabalho desenvolvido nas categorias de base nos últimos anos já começou a trazer frutos para o Vasco da Gama. A "Fábrica de Craques" é representada no profissional em todos os setores, mas a posição de goleiro, em especial, merece ser destacada. Isso porque o Gigante da Colina está entre os grandes clubes do país que mais aproveita arqueiros formados em casa. Na temporada de 2017, para se ter uma ideia, o Cruzmaltino utilizou três jogadores da posição e dois deles eram pratas da casa.

A utilização de goleiros revelados em São Januário não é obra do acaso, mas fruto de um trabalho iniciado ainda na temporada de 2016, quando Fábio Tepedino, treinador de arqueiros do profissional, e Agostinho Ferreira, coordenador da preparação de goleiros da categorias de base, iniciaram um trabalho de verticalização dos treinamentos, com o objetivo de aproximar as jovens promessas da posição da realidade vivida no profissional. 

- Foi um projeto iniciado ano passado e que contou com a participação efetiva e incansável dos treinadores de goleiros da base Rodrigo, André, Max, Caetano, Raphael e Fabrício. Eles foram excepcionais e dedicados, fazendo com que todos os atletas pudessem viver experiências únicas. Gratificante é ver a base do Vasco voltando a ser respeitada quando se fala de formação de goleiros. Nossos goleiros possuem uma linha de trabalho definida e seguida à risca pelos profissionais acima citados. Tivemos nesse ano algo nunca vivido na base do clube. No sub-11, 12 e 13 tivemos uma rotatividade  e um aproveitamento ímpar. Me arrisco a dizer que na base do futebol brasileiro nenhum clube teve dois goleiros convocados para as categorias sub-15 e sub-17 no mesmo ano. Tivemos a participação do Lucão no Mundial sub-17, lembrando que ele é um atleta nascido no ano de 2001 e a Seleção Brasileira era formada basicamente por atletas nascidos no ano de 2000. Além disso, no sub-20, tivemos um excelente aproveitamento do João Pedro, que foi importantíssimo para o ótimo ano da categoria - afirmou Fábio Tepedino. 

Além de padronizar a metodologia de treinamento nas divisões de base e deixá-la parecida com a desenvolvida no time principal, o Vasco da Gama passou a promover uma rotação de goleiros das categorias inferiores nas atividades da equipe profissional. Martín Silva, Gabriel Félix, Jordi e João Pedro, promovido ao time de cima após o título do Campeonato Carioca sub-20, tiveram a companhia durante a temporada de 2017 de arqueiros das categorias pré-mirim, mirim, infantil, juvenil e júnior.

- Esse ano foi de muito aprendizado. Com muito trabalho, conseguimos dar mais um grande passo para o que achamos ser o necessário e ideal para um clube que historicamente sempre teve em seus elencos ótimos goleiros formados na base. Esse ano, em muitos momentos, tivemos quatro ou cinco goleiros treinando no profissional oriundos da base. Além disso, tivemos a inclusão do João Pedro no elenco profissional no mês de março e a resposta dada por ele foi a melhor possível. Ele apresentou ótimos resultado e uma mudança significativa em sua conduta fora de campo. O que me deixa muito feliz também é que conseguimos trazer todos os goleiros da base para realizar atividades específicas e globais de forma eficaz e consciente em categorias superiores - declarou o treinador de goleiros do profissional, acrescentando logo em seguida.

- Fechamos em 2017 dois anos desse projeto e as conquistas estão aí para todos que acompanham o nosso clube ver. Desde que tive a oportunidade de assumir o profissional, todos os atletas da base tiveram a oportunidade de viver o dia a dia da principal categoria do clube, realizando todas as atividades propostas. Afirmo, sem medor de errar, que em médio prazo estaremos colhendo excelentes frutos oriundos da melhor formação de goleiros hoje no Brasil. Nenhum clube no Brasil tem o número de goleiros com as perspectivas que nós temos. Seguiremos sempre buscando a excelência e dessa forma vamos colocando o Vasco de novo no cenário de formador de goleiros - concluiu o profissional.

Foto: Site Oficial do VascoJoão Pedro, Félix e Jordi
João Pedro, Félix e Jordi

Fonte: Site oficial do Vasco

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario