A nova redenção de Fabricio no Vasco

15/10/2018 às 08h13 - FUTEBOL

Nem é mais novidade: Fabricio voltou a viver pelo Vasco, num só jogo, os altos e baixos do futebol. Pela terceira vez no ano, o lateral-esquerdo que virou meia sofreu com as críticas da torcida, mas se recuperou com a ajuda dos companheiros e deixou o campo aplaudido.

Diante do Cruzeiro, Fabricio voltou a ser o meia armador do Vasco. Não fez um bom primeiro tempo e irritou a torcida, que pediu para Valentim tirar o jogador de campo. O técnico estava disposto a atender, mas um pedido incomum dos próprios jogadores o fez mudar de ideia.

O pedido partiu de Ramon, capitão do time. Ele foi à sala de Valentim no intervalo para conversar e externar o desejo dos jogadores.

- A gente não pode perder um guerreiro, principalmente nesse momento. Quando dói em um, dói em todo mundo. Esse grupo tem se fortalecido muito, até porque a gente tem tomado muita porrada. A gente tem se fechado cada vez mais.

O símbolo do apoio aconteceu no retorno ao gramado. Os jogadores entraram de mãos dadas, como a seleção brasileira na Copa de 1994. Era uma forma de mostrar o apoio a Fabricio. Naquele momento, porém, a torcida não entendeu e xingou bastante Valentim ao perceber que não haveria mudança.

No primeiro lance, Fabricio foi vaiado ao pegar na bola, acabou desarmado e ouviu xingamentos da arquibancada.

E, então, fez o cruzamento que resultou no gol de Pikachu. O jogador foi o mais festejado pelos jogadores, que pularam em cima dele e o apontaram para a torcida, como pedindo aplausos.

Tudo mudou a partir daí. Tanto que, ao ser substituído por Giovanni Augusto, foi aplaudido pela torcida.

Cenário parecido à vitória sobre o Fluminense, no Campeonato Carioca, quando fez o gol do triunfo no último minuto, e ao clássico com o Flamengo, em setembro, quando foi uma surpresa criticada na escalação e terminou o jogo como o melhor do time.

Pela terceira vez, Fabricio renasceu no Vasco.

Foto: André Durão/Globoesporte.com Fabrício é abraçado por jogadores do Vasco após passe para primeiro gol na vitória por 2 a 0
Fabrício é abraçado por jogadores do Vasco após passe para primeiro gol na vitória por 2 a 0

Fonte: GloboEsporte.com