Abel Braga fala sobre time titular, Andrey, Copa do Brasil e Vinicius

09/02/2020 às 20h06 - CLUBE

O Vasco voltou a vencer pelo Campeonato Carioca. Depois de derrota para o Botafogo na última rodada, o time de Abel Braga, já sem chances de classificar para as semifinais da Taça Guanabara, venceu por 3 a 2 a Portuguesa, debaixo de forte calor em Bacaxá (RJ). Os gols foram marcados por Werley (2) e German Cano, o terceiro dele pelo Vasco em quatro jogos. Chay e Maicon Douglas descontaram.

- A equipe está melhorando. Mas não chegou num nível desejado. Esse é um dos motivos de eu repetir a equipe, com exceção do Talles, que não pode jogar, mas vai poder jogar na quarta-feira. Mantivemos o aquilo que melhoramos na semana passada, que é a oportunidade de gol, a criação de jogadas para gols. Poderíamos ter liquidado em dez minutos no segundo tempo. Tivemos três chances claras e um gol muito mal anulado. Mas a verdade é que a equipe não está pronta. Vamos tentar fazer melhor. Precisamos fazer melhor - disse o treinador do Vasco.

"Ainda não tenho time titular"

O treinador foi questionado, na coletiva de imprensa, se já tem um time titular e se Guarín chega para entrar nos 11 eleitos para começar as partidas. O colombiano renovou contrato, mas ainda não começou a treinar com o grupo. Ele não tem data para voltar ao grupo de relacionados para as partidas.

Abel foi sincero e disse que as disputas seguem em aberto. Citou um, dois, três... cinco jogadores da base que estão treinando entre os profissionais e que vão ter mais chances. Bem ao seu estilo, encheu de elogios a garotada. E adiantou que Guarín vai ter a concorrência de um deles.

- Sinceramente não tenho time titular ainda não. Alguns meninos têm entrado, por exemplo o Juninho, com uma constância até grande, não conseguiu fazer os jogos que faz no treino, mas a qualidade dele é incrível. Hoje entrou o Alexandre, foi muito firme, aquele setor ficou o mais perigoso da Portuguesa no segundo tempo, no primeiro era o contrário. Mas ele também entrou bem. Ribamar tem entrado, ainda tem o Thiago Reis. Hoje pensei muito em colocar o Riquelme no lugar do Vinicius, que era para ficar com dois laterais mais rápidos. Ele é muito rápido. Mas tem a bola parada. O Ribamar ajuda, segura bem a bola na frente. A gente vai aos poucos. Não posso dizer que tenho time titular - afirmou Abel.

Confira mais da coletiva de Abel Braga:

Andrey ou Bruno Gomes?

- A princípio o primeiro volante é o Andrey. O Bruno vem jogando muito bem também. Bruno tem mais pegada, mas o Andrey tem saída mais qualificada. Tem bola mais à média, longa distância. Mas não está descartado colocar o Bruno. O Guarín vai ser mais um segundo volante. Mas não treinou comigo. Não posso falar muito. Claro que sei que é um grande jogador. Acompanhei mais a carreira dele quando estava no Porto, estava em Portugal e acompanhei bastante.

Time da estreia na Copa do Brasil?

- Não gostei do primeiro tempo. Não nos encontramos, não fomos equipe vibrante, ao contrário. No segundo tempo foi diferente, apesar de termos ficado mais abertos criamos inúmeras oportunidades, mas não fomos felizes. Mas 80%, 90% da equipe é mais ou menos isso (que vai jogar na Copa do Brasil). Não pode ser diferente.

Estreia de Guarín?

- O Guarín vai fazer essa semana que começa uma pré-temporada. Nós viajamos agora, ele está entregue ao departamento físico e fisiológico e vai trabalhar bem. Chegou bem melhor do que chegou na vez passada. Isso é o que o pessoal do clube me passa. Todo mundo fala da qualidade dele, já vi alguns anos atrás. E é um jogador que com certeza vai agregar muita qualidade.

Vinicius titular pela primeira vez

- É um jogador que tem qualidade, drible, velocidade. Mas estava precisando de um pouco disso para se soltar, para ser mais forte no um contra um. E está conseguindo. Ainda não é o Vinicius que vi na Taça São Paulo, mas ele vai pegando. Devagarzinho ele vai pegando.

Jogo em Bacaxá

- Aprendi uma coisa com alguns dos grandes que conheci no futebol. Não escuta, não lê sobre o seu time. Mas aqui claro que a gente escuta o que dizem, óbvio. Um cara do banco até brincou comigo: "os caras não veem o jogo não?" Mas fazer o que? Tudo bem.

Fonte: Globoesporte.com