Abel projeta clássico contra o Flamengo no campeonato carioca

09/01/2020 às 14h32 - CLUBE

O Vasco de Abel Braga irá ter uma espécie de revezamento de jogadores nas primeiras rodadas do Carioca. Nesta quinta-feira, em entrevista coletiva, o técnico lamentou o pouco tempo de trabalho na pré-temporada e chegou a dizer que o clássico diante do Flamengo, na segunda rodada da Taça Guanabara, será entre dois times sub-20 (veja a lista de quem se apresentou ao Cruz-Maltino abaixo).

Por ter disputado o Mundial de Clubes, o Rubro-Negro tem seus principais jogadores ainda em férias. Por isso, disputará o estadual com o time sub-20. O Vasco, com grande reformulação, tem um elenco recheado de jovens. A ideia é usar o time que Abel considera titular diante do Bangu, dia 19, em São Januário, na estreia da primeira competição do ano. O confronto com o Fla seria na quarta-feira seguinte.

- Já viu quantos sub-20 tem no meu time? Na quarta-feira, meu time será sub-17. Ou sub-18. Tem jogadores sub-18 aí. Ninguém consegue fazer milagre de jogar quarta e domingo com nove dias de preparação. Então, é uma pena. Mas não poderia ser diferente. O Flamengo está correto, jogou até o dia 21. Quarta-feira, contra o Flamengo, será sub-20 contra sub-20. Não tem como ser diferente. A equipe que jogar domingo praticamente não joga na quarta - disse Abel.

O grupo de jogadores do Vasco se apresentou na quarta, dia 8 de janeiro, quando fez testes físicos e exames clínicos. Nesta quinta, o preparador físico Flávio de Oliveira comandou o primeiro trabalho no campo - a parte da tarde será fechada para a imprensa. Foi possível perceber caras novas no grupo de atletas.

O goleiro Jordi (CSA), o lateral-direito Rafael Galhardo (Grêmio) e o meia Lucas Santos voltaram de empréstimos. Além deles, o lateral-direito, Cayo Tenório, o zagueiro Ulisses e o meia Linnick subiram do sub-20. Claudio Winck, outro lateral-direito, que passou boa parte do ano passado treinando em separado está no grupo.

- Não adianta preparar 11. Tenho de preparar o máximo de jogadores, 22. Você vê que a gente não tem muitos. No campo, tem 24 treinando. Não são todos que ficarão. Tem ainda o DM: Ramon, Breno... É meio complicado. Não gostaria que o Carioca fosse disputado dessa maneira. Mas não pode depois de 30 dias e de ter feito 70 jogos começar campeonato com nove dias - completou Abel.

Fonte: globoesporte.com