Agente e Andrés Ríos têm opiniões diferentes sobre futuro no Vasco

26/06/2018 às 08h11 - FUTEBOL

A situação de Andrés Ríos segue indefinida no Vasco. O contrato do jogador se encerra no próximo sábado,mas o clube mantém esperança de renovar o vínculo. O atacante quer ficar, mas os valores envolvidos ainda são discutidos.

Recentemente, houve a possibilidade de ele seguir para o futebol da China, mas não haverá avanço até que se resolva sua situação em São Januário.

Enquanto Ríos quer ficar, seu empresário, Martín Guastadisegno, prefere uma mudança. Entretanto, já mudou a postura: se antes só aceitava conversar após o Vasco quitar a dívida com o jogador, agora mantém contato com a diretoria. A ideia cruz-maltina é renovar até o fim de 2019 - outra alternativa é prorrogar o vínculo até dezembro de 2018.

O débito não é visto pelo Vasco como principal entrave na negociação. O que é preciso acertar é a questão salarial e as luvas. No contrato atual, consta uma cláusula de renovação automática caso o Cruz-Maltino pague 800 mil dólares, valor considerado fora da realidade.

Entretanto, o valor é negociável. Mediante seu pagamento, sim, a renovação é automática, mas nada impede que Vasco e Ríos acertem um valor menor para um acordo. Esta é a grande questão.

- O Ríos é um atleta que temos interesse, as referências são as melhores. Como teve greve na Argentina, ele não vai conseguir se apresentar hoje. Esperamos que consiga na terça. Temos a expectativa da permanência, o presidente já adiantou a conversa - disse Alexandre Faria, novo diretor de futebol do clube.

Ríos tem 50 jogos e 11 gols pelo Vasco. Desde a reta final do Campeonato Brasileiro de 2017, ele assumiu a posição de titular no ataque cruz-maltino.

Fonte: GloboEsporte.com

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario