Além do Vasco, Paulão possui sondagens de outros clubes

27/12/2017 às 10h38 - FUTEBOL

futuro de Paulão está indefinido. Apesar de integrar o grupo que garantiu uma vaga à Libertadores, o zagueiro não seguirá no Vasco em 2018. A situação financeira do clube carioca virou um empecilho para a permanência no Rio de Janeiro. Como no Beira-Rio há relação delicada com parte da torcida, a tendência é que defenda um novo time no ano que vem.

O defensor chegou a São Januário em maio. Passou por um período de oscilação, mas teve papel importante na classificação ao torneio continental e terminou entre os titulares de Zé Ricardo na campanha que deu aos cariocas o sétimo lugar, com 56 pontos, no Brasileirão. Esteve em campo em 24 oportunidades, com um gol anotado.

Paulão está emprestado ao Vasco até estes últimos dias de 2017 (Foto: Paulo Fernandes / Vasco)

Ocorre que a situação financeira do Vasco surge como um impeditivo para que siga em solo carioca. O time até tinha o interesse em mantê-lo. Entretanto, deseja dividir os vencimentos do zagueiro com o Colorado. Só que os atrasos nos pagamentos atritaram a relação.

Ainda mais pelo fato de Paulão ter mercado. As consultas são mantidas em sigilo. Antes do Vasco, Botafogo e Chapecoense manifestaram o desejo em contar com o zagueiro. Houve também sondagens de Turquia, Rússia e Oriente Médio.

Antes de trocar de ares, Paulão sofreu contestações de torcedores no Beira-Rio. O zagueiro, que chegou a ser capitão do time e era uma das principais lideranças no vestiário, acabou marcado em razão do rebaixamento em 2016. Até tentou uma recuperação. Contava, inclusive, com a admiração de dirigentes.

Seu último jogo pelo Inter ocorreu no dia 29 de março, quando o time perdeu por 2 a 1 para o Cruzeiro-RS, pelo Gauchão. Antes de atuar pelo Vasco, disputou 12 das 26 partidas da equipe. No Beira-Rio desde 2014, acumulou 148 jogos, com 10 gols marcados.

No Colorado, Odair Hellmann conta com Klaus, Víctor Cuesta, Thales, Léo Ortiz, Danilo Silva e Ernando. Fábio Alemão chegou a integrar o grupo principal e não está descartado que siga no time de cima na reapresentação, marcada para 2 de janeiro.

Mesmo assim, a direção segue no mercado. Para o sistema defensivo, Rodrigo Moledo, que atualmente defende o Panathinaikos, da Grécia, é o desejo. Até o momento, foram contratados o lateral-direito Ruan, o volante Gabriel Dias e o centroavante Roger.

Fonte: GloboEsporte.com

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario