Alex Dias dá sua versão da saída do Vasco

06/02/2006 às 20h59 - FUTEBOL

O atacante Alex Dias, que recentemente trocou o Vasco pelo São Paulo, voltou a afirmar na tarde desta segunda-feira, em entrevista no programa \"Arena SporTV\", que não pediu a Renato Gaúcho para não jogar mais pelo clube carioca. O jogador lembrou como foi o diálogo com o treinador vascaíno.

- Depois do jogo contra o América eu já estava decidido a falar com a diretoria. Conversei com o Renato que eu não estava com cabeça para jogar, pois a torcida da qual era ídolo estava me vaiando, me chamando de mercenário. Aí o presidente (Eurico Miranda) me suspendeu.

Chateado por ter sido chamado de mercenário, Alex Dias confessou ter deixado um bom dinheiro no Vasco.

- Tirei a ação na Justiça, condição da diretoria para me negociar, e deixei duzentos mil reais no Vasco. Ano passado tive uma proposta de oito milhões. Poderia ter saído, mas resolvi ficar. Mas não tenho mágoa de ninguém - afirmou.

Alex Dias negou que tenha movida a ação judicial para deixar São Januário por ter uma proposta do São Paulo.

- Eu tenho um contrato com a Umbro (fornecedora de material esportivo do Vasco) e tive de vir a São Paulo. Aí todo mundo falou que eu tinha acertado com o clube, que tinha me encontrado com o Aloísio (atacante do Tricolor). Só tive realmente a proposta depois que fui suspenso pelo Vasco - finalizou.

Alex Dias estreou com a camisa do São Paulo neste último domingo, na vitória por 4 a 2 sobre o Palmeiras, no Morumbi. Assista ao vídeo exclusivo com os melhores momentos da partida.

Fonte: GloboEsporte.com