Mercado

Álvaro Pacheco elogia a história do Vasco

Afastado do comando técnico do Vitória de Guimarães há poucos dias, Álvaro Pacheco viajou, este domingo, para o Rio de Janeiro para assinar pelo Vasco da Gama. No aeroporto Francisco Sá Carneiro, o técnico de 52 anos, afirmou que o desentendimento deveu-se a divergências no projeto para o futuro do emblema minhoto, realçando que a rescisão de contrato já estava acordada desde abril.

«Aquilo que eu posso dizer é, primeiro, agradecer a oportunidade de treinar o Vitória, agradecer também a este plantel, que foi fantástico. Desde o início, tínhamos o desafio de fazer história e fomos capazes de o fazer. O grupo tinha muito potencial e diferenciado dos que eu tinha encontrado até então. Acreditava muito de que eles eram capazes de fazer história e fizeram, estão de parabéns. Também, dar uma palavra a todos que trabalharam comigo, comissão, treinadores e staff, que ajudaram a fazer esta caminhada, que me orgulha muito. Aquilo foi o trabalho que realizámos no Vitória. Aquilo que me deixa triste, e que eu já sentia há muito tempo, é que não era o treinador do futuro e do projeto do Vitória. Por isso, ainda em abril, aceitei a proposta do Vitória de rescindirmos o contrato para a próxima época e após a data, cada um seguiria o seu caminho. Contudo, três dias antes do jogo do Arouca soube que tal não aconteceria. Se me perguntarem porque não o pude fazer, têm que perguntar ao presidente [António Miguel Cardoso]. Eu sei, posso provar e vou provar que queria fazer o jogo», disse Álvaro Pacheco sublinhando que «nos locais próprios [tribunal] será esclarecido», referindo-se à queixa-crime que o treinador avançou por difamação contra o presidente do Vitória.

«Grande oportunidade»

O técnico português saiu a custo zero de Guimarães e assina ainda hoje um contrato com o Vasco da Gama até dezembro de 2024 e com um cláusula de renovação automática caso garanta a manutenção no Brasileirão.

«O Vasco da Gama é uma grande oportunidade, vou treinar um grande clube brasileiro e mundial. Para mim, é um orgulho muito grande, vou com muita vontade de trabalhar. Vai voltar a ser gigante. Vou com muita vontade de trabalhar, ajudar o Vasco a ir para os patamares que merece e regressar aos momentos das decisões e títulos. Vejo muito potencial no plantel. Vou com muita ilusão de juntos sermos capazes de escrever uma página bonita pelo Vasco», disse, mostrando-se conhecedor do clube fundado por portugueses e brasileiros, em 1898.

«É um clube que já foi quatro vezes campeão, ganhou uma Copa do Brasil, uma Libertadores, e tem passado por altos e baixos. Tenho a consciência da sua grandeza, exigência, com adeptos apaixonados».

Álvaro Pacheco poderá ter uma boa surpresa à chegada, uma vez que o Vasco da Gama está a negociar o regresso de Philippe Coutinho ao Brasil. Há 14 temporadas que o médio brasileiro de 31 anos deixou o clube para rumar ao Inter, estando neste momento no Catar a representar o Al Duhail, emprestado pelo Aston Villa. A imprensa brasileira avança que o antigo jogador do Barcelona quer voltar ao país natal.

«Temos falado de muitas coisas, mas tudo isto está a ser uma mudança rápida. O percurso e currículo do Philippe Coutinho falam por si. É um jogador super experiente, com uma carreira fantástica. Se vier, será muito bem-vindo por todos.»

Recorde-se ainda que, no final de abril, Álvaro Pacheco foi abordado por responsáveis do Cuiabá, também do Brasil, mas o acordo caiu e o emblema brasileiro optou pela contratação de Petit.

Por fim, Álvaro Pacheco quis deixar uma mensagem aos treinadores portugueses que triunfaram na Liga e Liga 2, assim como ao Vizela, que desceu esta época de divisão e que treinou de 2019 e 2023. Pacheco levou o clube minhoto do Campeonato de Portugal até à Liga em apenas duas temporadas.

«Dar os parabéns ao Ruben [Amorim, Sporting] pela conquista da Liga, foi merecido, a melhor equipa do campeonato. Parabéns ao Vasco [Matos, Santa Clara] e ao Tiago [Margarido, Nacional] pela subida de divisão, e uma palavra aos Chaves e ao Vizela, que regressem rapidamente ao primeiro patamar, porque merecem estar entre os grandes».

Álvaro Pacheco tinha sido anunciado pelo emblema vimaranense em outubro de 2023, ocupando, na altura, a vaga deixada em aberto após a saída de Paulo Turra, numa temporada em que o Vitória de Guimarães contou com a passagem de cinco treinadores.

Fonte: A Bola
  • Quarta-feira, 19/06/2024 às 20h00
    Vasco Vasco 0
    Juventude Juventude 2
    Campeonato Brasileiro - Série A Alfredo Jaconi
  • Sábado, 22/06/2024 às 21h30
    Vasco Vasco
    São Paulo São Paulo
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • Quarta-feira, 26/06/2024 às 21h30
    Vasco Vasco
    Bahia Bahia
    Campeonato Brasileiro - Série A Fonte Nova
  • Sábado, 29/06/2024 às 19h00
    Vasco Vasco
    Botafogo Botafogo
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • Quarta-feira, 03/07/2024 às 20h00
    Vasco Vasco
    Fortaleza Fortaleza
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • Segunda-feira, 08/07/2024 às 21h00
    Vasco Vasco
    Internacional Internacional
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir