Amizade entre Vasco e Botafogo facilitou à cessão do Engenhão para final

09/04/2019 às 16h01 - FUTEBOL

O Vasco pediu que o primeiro jogo do clássico contra o Flamengo fosse no Estádio Nilton Santos, e a Federação de Futebol do Rio de Janeiro atendeu. Como é o mandante do confronto deste domingo, às 16h, pela final do Campeonato Carioca, o Cruz-Maltino preferiu que a partida não acontecesse no Maracanã, conforme estava previsto.

Já a segunda partida, marcada para o dia 21 de abril, às 16h, permanece com o Maracanã como palco da final.

Na tarde desta terça-feira, o presidente do Vasco, Alexandre Campello, reforçou a indicação do Nilton Santos como palco do jogo de ida da final do Estadual. Ele esteve na posse do presidente da CBF, Rogério Caboclo, na Barra da Tijuca. Ele avisou que mandará todos os jogos em São Januário, deixando o Maracanã de lado.

- O Vasco indicou o Nilton Santos. Tanto o Maracanã quanto Nilton Santos estão habilitados para a final. Se fosse Vasco x Fluminense, já seria lá. Já posso adiantar que, sendo mantida a decisão de o Flamengo administrar o Maracanã, o Vasco mandará todos os jogos em São Januário - disse o presidente.

Campello reforçou a postura contrária à permissão para que Flamengo e Fluminense sejam o gestores do Maracanã pelos próximos 180 dias.

- Achamos muito estranha a maneira como se deu a cessão. Vamos contestar isso na Justiça.

Foto: Felippe CostaCampello
Campello

Fonte: Extra Online