Análise: um Vasco que não permite seu torcedor ser otimista

29/04/2019 às 14h23 - TORCIDA

O choque de realidade veio logo de cara. Na primeira rodada. Jogando contra o Athletico-PR, na Arena da Baixada, o Vasco da Gama foi goleado por 4x1 na estreia no Campeonato Brasileiro, em partida que ficou marcada pela atuação constrangedora do Cruzmaltino.

Certo que enfrentar o Athletico-PR na Arena da Baixada não é missão fácil para ninguém, mas o que aconteceu na tarde do último domingo (28) não é normal, ainda mais se tratando de um confronto entre equipes de Série A. O Vasco, perdido em campo, viu o adversário construir uma goleada sem grandes dificuldades, que não foi pior graças ao garoto Alexander.

O bem treinado Athletico-PR de Tiago Nunes não deu chances para o Vasco comandado por Marcos Valadares, que a essas alturas aparece mais como vítima do que como vilão da história, se considerar a forma como assumiu a equipe que já vinha acumulando péssimas atuações ainda sob o comando de Alberto Valentim.

Tem sido até complicado apontar um culpado nessa situação. Se antes se imaginava que uma simples mudança de comando poderia mudar o Vasco, agora está dando para perceber que não é o suficiente. Muitos jogadores que iniciaram o ano em alta, caíram de produção e estão mostrando que não possuem a qualidade que se imaginava.

Erros individuais, limitações, falta de organização e de confiança. Este tem sido o Vasco que perdeu o título Carioca, foi eliminado da Copa do Brasil, e que começou o Campeonato Brasileiro de forma deprimente sendo goleado pelo Athletico-PR. Não dá para esperar que o torcedor espere sonhe alto na competição, no que se desenha para mais luta contra o rebaixamento.

Fonte: Vasco Notícias