Andrade e Fábio Braz: debutantes no Maracanã

21/01/2006 às 10h59 - FUTEBOL

O cabeça-de-área Andrade é um dos jogadores que nunca atuaram no Estádio Mario Filho. Aos 24 anos, o atleta revelou que a primeira vez que entrou no Maracanã foi nas Eliminatórias da Copa, em 2001.
\"A ansiedade sempre existe, mas é muito legal saber que vou jogar num palco onde pisaram tantos craques. A primeira vez que estive no Maracanã foi nas Eliminatórias, entre Brasil e Uruguai. Foi uma emoção indescritível\", disse Andrade.

Em clássicos, o retrospecto do jogador é excelente. Em Pernambuco, não perdeu uma partida sequer e espera manter a escrita, agora com a camisa do Vasco.

\"Para não perdermos um clássico temos de entrar com toda força. Cada clássico tem uma tradição diferente e para vencer um jogo assim devemos ter muita vontade. Lá em Pernambuco, eu venci todas e só empatei uma. Agora no Maracanã será uma emoção diferente\", comentou.

Com sete anos de profissional, outro estreante no Maracanã é o xerifão Fábio Braz, de 27 anos. Ele contou da emoção de jogar no Maracanã, acrescentando que o vencedor será a equipe que errar menos.

\"É um momento diferente. Um clássico sempre desperta uma emoção ímpar. Acrescente nisso o Maracanã? Será uma honra poder atuar lá. A ansiedade não interfere, basta jogarmos da mesma forma como a gente vem treinando. Acredito que será um jogo definido nos detalhes\", afirmou o zagueiro.

Apesar de admitir que o Vasco tem a vantagem de ter um melhor entrosamento, Fábio Braz alertou que se não der na técnica a equipe tem de se superar na raça.

\"O nosso time tem um pouco de entrosamento, mas se não der no conjunto vai ter de dar na superação. Afinal, não adianta receber elogios e não ganhar um clássico. Temos de lutar para sair de campo com os três pontos\", analisou.

Fonte: Jornal dos Sports