Especulações e Saídas clique aqui

Andrey comemora assistência e mira mais oportunidades com Luxa

04/12/2019 às 08h00 - FUTEBOL

Um dos jogadores mais animados após a vitória do Vasco por 1 a 0 diante do Cruzeiro na última quinta-feira, Andrey ainda comemora bastante a bela arrancada e a assistência para o gol de Guarín. Cria de São Januário, o volante sempre gerou uma grande expectativa no clube, mas não conseguiu se firmar como aquela peça "indispensável" no elenco e chegou a ser criticado por parte da torcida nessa temporada.

Promovido aos profissionais em 2016, Andrey surgiu como grande revelação por ter passado em praticamente todas as categorias de base da seleção brasileira. Aos poucos, foi mostrando muita técnica, um chute forte de fora da área, mas só ganhou destaque mesmo na temporada passada, quando fez 38 jogos e marcou seis vezes. No início desse ano, o Vasco chegou a recusar propostas de Bordeaux e Sampdoria pelo volante.

Porém, 2019 não foi como ele esperava. Ainda no Campeonato Carioca perdeu espaço com Alberto Valentim e chegou a ficar fora da lista de relacionado para alguns jogos. O fato causou indignação de parte da torcida que gostaria de vê-lo como titular da equipe e não sabia o real motivo do "afastamento". Segundo pessoas do clube na época, Valentim achava que Andrey não se concentrava nas partidas e não tinha a intensidade necessária.

Ele só voltou a ganhar oportunidade na chegada de Vanderlei Luxemburgo, mas também não conseguiu se firmar. Agora, se vê mais preparado para mostrar que pode ser muito útil em 2020.

- Estava esperando por essa oportunidade e não deixei de acreditar. Nossa concorrência no meio campo é muito saudável e puxa os jogadores para cima. Quando fiquei sabendo que iria jogar sabia que estava preparado. Jogar em São Januário cheio como estava é muito especial. Quando ainda jogava na base, sonhava com esses momentos. Espero que tenham outros assim e continuarei lutando por isso e pelo meu espaço - disse ele, que tem 67 jogos e sete gols pelo Vasco.

Falando em concorrência, ela vai aumentar para a partida contra o Bahia, nesta quinta-feira, na Fonte Nova. Raul e Marcos Júnior, que não enfrentaram o Cruzeiro, estão à disposição. Por outro lado, Guarín está suspenso e ficará no Rio de Janeiro.

Fonte: GloboEsporte.com