Mercado

Andrey Santos tem apoio familiar para retorno ao Vasco

Após a desistência do Palmeiras, o Vasco tornou-se o favorito para Andrey atuar antes de se transferir em definitivo para o Chelsea. O Cruzmaltino - que aceita a maioria das exigências do clube inglês — negocia agora as dívidas que possui com o volante e seu staff, e conta ainda com o apoio de parte da família do jovem, incluindo sua noiva, que preferem que ele fique no Rio de Janeiro, sua cidade natal.

Barbieri abre as portas do Vasco

Técnico do Vasco, Mauricio Barbieri seguiu a linha do diretor-executivo, Paulo Bracks, sobre a possibilidade de ter Andrey de volta ao clube, mesmo que por pouquíssimo tempo, somente até o fim de junho.

"Se dependesse de mim, ele sequer teria saído. O desejo de trabalhar com ele, pelo talento, pelo potencial dele, é muito grande. Ainda está na questão da especulação, é uma possibilidade, se ela se concretizar, vai ser um prazer trabalhar com ele. A gente tem que conversar com ele, entender como a gente vai usar da melhor maneira, por quanto tempo fica disponível", disse após a goleada sobre o Trem por 4 a 0, complementando:

"Se ele vier, será bem-vindo, qualquer treinador gostaria da possiblidade de trabalhar com o Andrey, mesmo que não seja a temporada inteira".

Qual é a dívida?

Esse déficit diz respeito a cerca de 30% da venda do jogador ao próprio Andrey e seu staff, que estão em atraso. As partes estão conversando e há otimismo que um denominador comum seja atingido.

Sem visto de trabalho para atuar na Inglaterra, Andrey negociava com o Palmeiras, que era tido como favorito por disputar a Libertadores, competição que dá mais pontuação para assegurar o documento.

O clube paulista, porém, não aceitou os pedidos do Chelsea. A diretoria inglesa tem a intenção que o volante dispute o Mundial sub-20 e se apresente ao "The Blues" no dia 01/07, para começar a pré-temporada, algo que o Vasco não se opões.

A venda para a Chelsea

Cria do Vasco, Andrey foi um dos destaques da campanha na Série B do Campeonato Brasileiro do ano passado e logo chamou a atenção do mercado europeu. Em setembro, após imbróglio, renovou contrato até 2027.

Em janeiro, o Cruz-Maltino anunciou a venda dos direitos do jogador ao Chelsea, em negociação que pode alcançar até 23 milhões de euros (R$ 125,5 milhões) — 15 milhões de euros (R$ 82 milhões) fixos, além de outros cerca de 8 milhões de euros (R$ 43,5 milhões) em objetivos.

O jogador disputou o Sul-Americano sub-20 no início deste ano e foi um dos protagonistas da vitoriosa campanha. Ele foi um dos artilheiros do Brasil, com seis gols em oito jogos.

Fonte: UOL
  • Terça-feira, 27/02/2024 às 21h30
    Vasco Vasco 3
    Marcílio Dias Marcílio Dias 1
    Copa do Brasil Dr. Hercílio Luz
  • Domingo, 03/03/2024 às 18h10
    Vasco Vasco
    Portuguesa Portuguesa
    Campeonato Carioca São Januário