Antonio Lopes aprova contratação de Luxa: "Técnico experiente"

08/05/2019 às 15h06 - CLUBE

A maioria não sabe ou não se recorda, mas esta não será a primeira vez que Vanderlei Luxemburgo trabalhará no Vasco. O treinador, hoje com uma carreira consagrada, deu seus primeiros passos em São Januário como auxiliar-técnico de Antônio Lopes, de 1981 a 1983. 

Na ocasião, havia acabado de encerrar a carreira como lateral esquerdo, onde defendeu clubes como Botafogo, Flamengo e Internacional. Em 1980, passou a fazer uma espécie de estágio com Lopes no Olaria e seguiu com ele para o América-RJ. Já no ano seguinte, quando o "Delegado" foi contratado pelo Vasco, Luxa foi promovido ao cargo de auxiliar. 

"O Luxemburgo já demonstrava que seria um grande treinador naquela época. Ele tinha sido jogador, depois fez faculdade de Educação Física... Já estava pronto", garantiu Antônio Lopes ao UOL Esporte. 

Generoso, Lopes sabia que Luxemburgo tinha o sonho de seguir carreira como comandante e utilizou-se de sua boa relação com o então presidente cruzmaltino Antônio Soares Calçada para indicá-lo ao Campo Grande, clube que na década de 80 tinha sua importância no Rio de Janeiro. 

"Fui eu que o indiquei. O Calçada era amigo do presidente do Campo Grande, que era um português. O seu Calçada pediu por ele e ele foi", se recorda Lopes. 

Luxemburgo, então, deu o pontapé em sua carreira como treinador e, com o tempo, foi deslanchando e se tornando um dos principais nomes do país na função sem nunca mais ter retornado ao Vasco. 

No Rio, treinou o Flamengo - seu clube do coração - por quatro vezes, o Fluminense, por duas, além de América e o Campo Grande. 

Lopes aprova contratação de Luxa no Vasco 

"Padrinho" de Luxemburgo, Antônio Lopes não tem dúvidas em afirmar que o Vasco acertou em contratar o seu pupilo para comandar a equipe. 

"Eu achei muito boa a contratação. É um técnico experiente, competente, vitorioso, que com certeza vai ajudar bastante o Vasco", elogiou. 

Vanderlei Luxemburgo assinou um contrato até o fim deste ano com o Vasco e traz para a comissão técnica o auxiliar Mauricio Copertino e o preparador físico Antônio Mello. 

Lopes é cogitado para reeditar dupla com Luxa 

O curioso desta história é que Antônio Lopes e Vanderlei Luxemburgo poderão reeditar a dupla no Vasco, mas em funções diferentes. Enquanto Luxa assumirá o cargo de treinador, Lopes é cotado para a pasta de diretor-executivo de futebol. 

Em São Januário há um forte lobby pelo "Delegado", que entrou para a história do clube como técnico sendo campeão brasileiro e da Copa Libertadores. 

Lopes, no entanto, tem a concorrência de Ricardo Rocha e de Rodrigo Caetano, visto como um "sonho distante" atualmente por ter contrato com o Internacional até o fim de 2019. 

Com cursos de capacitação realizados recentemente na CBF, Antônio Lopes garante ainda não ter sido procurado: 

"Não tem nada oficial. O presidente não ligou para mim e nenhum dirigente do Vasco. Só especulação da imprensa, torcedores mandando Whatsapp... Hoje caminhei na praia e encontrei torcedores pedindo para eu voltar.". 

Fonte: UOL