Futebol

Após a venda de Andrey, relembre outros craques revelados pelo Vasco

O Vasco confirmou, no início de 2023, a venda do volante Andrey, uma das maiores revelações do clube nos últimos anos, ao Chelsea. Isso reforça o papel do Cruz-Maltino como um dos grandes formadores de craques do país. Em diferentes épocas, diversos garotos deram seus primeiros passos em São Januário. Qual será a próxima grande revelação do Vasco? Quem gosta de fazer previsões esportivas pode aproveitar o pix bet365 para dar os seus palpites.

Roberto Dinamite

Maior ídolo da história do Vasco da Gama. Essa frase resume quem foi Carlos Roberto de Oliveira, o Roberto Dinamite. Sua estreia profissional aconteceu no dia 14 de novembro de 1971, quando ele tinha apenas 17 anos. Seria o pontapé inicial de uma ligação eterna com o clube.

Entre os principais títulos conquistados com o Cruz-Maltino, estão o Brasileirão de 1974 e cinco Campeonatos Cariocas (1977, 1982, 1987, 1988 e 1992), em uma época em que os estaduais eram muito mais valorizados. Dinamite transformou-se no maior artilheiro da história do Vasco, com 708 gols. Pela seleção, foi titular na Copa de 1978, na Argentina.

Romário

A estreia de Romário na equipe profissional do Vasco ocorreu em 1985. Na ocasião, o Cruz-Maltino derrotou o Coritiba por 2 a 0 – Roberto Dinamite foi o autor de dois gols naquela partida. Goleador nato, o Baixinho despertou o interesse da Europa e embarcou para a Holanda em 1988, onde defendeu as cores do PSV Eindhoven.

Antes de retornar ao Gigante da Colina, em 2000, Romário tornou-se ídolo do Barcelona e consagrou-se com a camisa da seleção brasileira ao vencer a Copa do Mundo de 1994. Seu principal título com a camisa cruz-maltina foi a João Havelange (Campeonato Brasileiro), no mesmo ano de sua volta a São Januário. Sem nenhuma dúvida, é um dos principais jogadores da história do Vasco.

Edmundo

Edmundo foi revelado pelo Vasco em 1992, e no mesmo ano foi um dos grandes destaques do time no Campeonato Brasileiro. Na temporada seguinte, foi comprado pelo Palmeiras, que havia iniciado uma parceria bem-sucedida com a Parmalat. Na equipe paulista, conquistou diversos títulos, incluindo dois Brasileirões.

Ele ainda defenderia outros clubes antes de retornar ao Vasco, em 1996. Mas foi no ano seguinte que ele se consagrou. No Campeonato Brasileiro de 1997, Edmundo só não fez chover. Artilheiro isolado da competição, com 29 gols, ele comandou o Vasco na conquista do título nacional. O atacamte ainda defenderia o clube em outras duas oportunidades (1999-2000 e 2003-2004).

Phillipe Coutinho

Uma das principais revelações do Vasco neste século, Phillipe Coutinho estreou na equipe profissional em 2009, aos 17 anos de idade. Mas ele já vinha chamando atenção dos principais clubes do mundo desde as categorias de base e estava vendido à Inter de Milão desde que tinha 16 anos.

Em 2010, foi um dos principais jogadores do Vasco no Campeonato Carioca. Ainda faria alguns jogos no Brasileirão antes de se transferir para a Inter. Em seu currículo ainda constam passagens por Liverpool, Barcelona e Bayern de Munique. Também disputou a Copa do Mundo de 2018 como titular. Atualmente, Coutinho defende o Aston Villa.

Fonte: SUPERVASCO.COM
  • Quinta-feira, 02/02/2023 às 19h00
    Vasco Vasco 5
    Resende Resende 0
    Taça Guanabara São Januário
  • Terça-feira, 07/02/2023 às 21h10
    Vasco Vasco
    Nova Iguaçu Nova Iguaçu
    Taça Guanabara Mané Garrincha
  • Domingo, 12/02/2023 às 18h00
    Vasco Vasco
    Fluminense Fluminense
    Taça Guanabara Maracanã
  • Quinta-feira, 16/02/2023 às 20h30
    Vasco Vasco
    Botafogo Botafogo
    Taça Guanabara Maracanã
  • 25/02 ou 26/02
    Vasco Vasco
    Boavista Boavista
    Taça Guanabara São Januário
  • 04/03 ou 05/03
    Vasco Vasco
    Flamengo Flamengo
    Taça Guanabara Maracanã
  • 04/03 ou 05/03
    Vasco Vasco
    Bangu Bangu
    Taça Guanabara São Januário