Assessor do Vasco e gandulas discutiram com arbitragem após derrota

08/04/2018 às 20h27 - FUTEBOL

Evandro Costa, um dos assessores de imprensa do Vasco, e gandulas do clube (mandante da final deste domingo no Maracanã) partiram para cima do árbitro Wagner do Nascimento Magalhães após a derrota por 4 a 3 nos pênaltis para o Botafogo.

A bronca cruzmaltina com o juiz foi principalmente com a quantidade de acréscimo no segundo tempo - Carli fez o gol aos 49 minutos que definiu a vitória botafoguense por 1 a 0 e levou a disputa para as penalidades. 

Evandro Costa era um dos mais revoltados e tentou agredir Wagner do Nascimento Magalhães, além de disparar ofensas ao árbitro: "Ladrão, filho da p..., seu vagabundo". Ao menos seis policiais tentavam contê-lo, além do vice-presidente de futebol do Vasco, Fred Lopes. Ele acabou sendo carregado por homens do Gepe (Grupamento Especial de Policiamentos em Estádio).

A confusão ocorreu na saída do túnel. O árbitro não chegou a sofrer agressão física e nem prestou esclarecimentos na delegacia instalada no estádio.

Houve um princípio de confusão também na saída dos camarotes entre aliados do ex-presidente Eurico Miranda e do atual, Alexandre Campello. 

Fonte: UOL Esportes

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario