Basquete: Alberto Bial fala sobre confronto contra o Flamengo

09/11/2018 às 20h24 - OUTROS ESPORTES

Às vésperas do primeiro clássico estadual no Novo Basquete Brasil (NBB), contra o Flamengo, neste sábado, às 14h, na Arena Olímpica 1, no Parque Olímpico da Barra, o técnico do Vasco, Alberto Bial, encara a partida como um grande desafio para um grupo que, em seu entender, está em crescimento, apesar das últimas derrotas para Franca, Minas e Paulistano. Embora confiante em seu elenco, ele não esconde o respeito pelo tradicional rival: 

"No Flamengo, gosto muito do Varejão. Davi Rossetto é um jogador de que gosto demais, um coletivo muito forte, Deryk Ramos… É praticamente uma seleção." 

Isso não quer dizer, porém, que a batalha já esteja perdida. Para Bial, o elenco vascaíno vem demonstrando nesta liga uma personalidade forte e muita bravura em quadra. Ganhar no sábado é possível, desde que o grupo cumpra algumas metas e desempenhe determinadas tarefas. 

"A gente necessita ter um equilíbrio muito grande, para não propiciar a eles abrir uma vantagem logo no início. Com o Flamengo seria muito difícil fazer uma recuperação. Contra eles, precisamos de um jogo em que a gente cometa menos erros, não deixe de converter cestas fáceis e tenha uma qualidade melhor nos lances livres e nos arremessos de 3 livres", observou. "Sábado, o aproveitamento tem de ser melhor, o número de erros tem de cair, e a qualidade de jogo tem de ser aperfeiçoada. É o que estamos trabalhando no dia a dia." 

Bial recordou o peso do desfalque de Vithinho, lesionado e que só deve voltar a jogar no fim do mês. As ausências do único armador e também do ala-pivô Pilar, também em recuperação de lesão, têm feito com que o treinador improvise Duda e Nick Okorie na armação, além de ter menos opções nos momentos de fazer substituições. Nada disso, porém, desanima Bial. Ele lembra que o campeonato é longo, e o Vasco irá se recuperar no NBB, que só se decide em playoffs, algo que considera sua especialidade. 

"Meus times sempre chegam aos playoffs no ponto máximo. Vamos fazer isso aqui no Vasco também", declarou, que vem cuidando da preparação do grupo com muita atenção. 

Bial ressaltou ainda que independentemente do momento atual, vem trabalhando no desempenho e no aperfeiçoamento de seus atletas. 

"Nós temos percebido isso em jogadores que não eram considerados, que jogavam Liga Ouro e estão aí se destacando. A gente está vendo eles se desenvolverem", constatou. "No momento, é isso que podemos fazer. Dentro da nossa experiência, precisamos ter sabedoria e paciência esperar o momento certo de encaixar esta equipe para poder competir de uma forma mais proativa, mais assertiva, contundente e sólida para enfrentar os grandes times do NBB." 

Fonte: Divulgação