Basquete Base: Colégio Vasco da Gama vai para a final após vencer o Pedro II

23/06/2019 às 08h17 - OUTROS ESPORTES

A primeira parte das semifinais apontaram cinco classificados para as brigas das seis categorias do basquete do 37° Intercolegial Sesc O GLOBO. Os duelos foram disputados na manhã deste sábado, no ginásio do Sesc São João de Meriti. Com partidas disputadas e parelhas, foram vistas pelos presentes algumas ótimas atuações individuais e, principalmente, coletivas. 

No primeiro jogo, vitória do Colégio Militar, da Tijuca, sobre o Ômega, de Duque de Caxias, por 20 a 13, pela categoria sub-18 não federada feminina. Depois foi a vez de Santa Mônica Centro Educacional, inscrito pela unidade de Cascadura, e Elpídio da Silva, de Padre Miguel, entrarem em quadra. A vitória ficou com o representante da Zona Norte, que superou o rival por 30 a 12, e vai decidir a sub-18 federada feminina. 

Depois de duas partidas das meninas, foi a vez dos garotos marcarem presença. O Colégio Vasco da Gama, do bairro homônimo, encarou o Pedro II, inscrito pela Tijuca, e conseguiu uma virada heroica após estar perdendo por 15 pontos no primeiro tempo, pela categoria sub-18 federada. Depois do intervalo, a equipe voltou com outra energia e neutralizou quase que totalmente o poder ofensivo dos rivais. No fim, os vascaínos honraram a fama de time da virada, bateram por 46 a 30 os tijucanos e, claro, o famoso grito de "Casaca!" ecoou pelo ginásio do Sesc. 

Com apenas 28 anos, o técnico Cássio Santos exaltou o alto nível técnico do adversário e do Intercolegial. O jovem comandante lembrou que a tendência é encontrar uma pedreira ainda maior na decisão do título. 

- Sabíamos que seria partida difícil pela qualidade do Pedro II e diversos fatores fizeram o jogo ser desse grande nível. Na final, sabemos que nosso rival estará bem preparado. Favoritismo acaba quando a bola sobe. Que vença o melhor - afirma Cássio. 

Após este jogo eletrizante, foi a vez da molecada mais nova atuar. Pela sub-15 não federada, o GEO Félix Venerando, do Caju, encarou a Escola Municipal Jornalista Daniel Piza, da Pavuna, e saiu com a vaga na final, após vitória por 30 a 11. 

A nota triste da rodada foi a ausência do GEO Nelson Prudêncio, da Ilha do Governador, que não compareceu para enfrentar o Loide Martha, de Caxias, e perdeu por W.O., em partida válida pelo sub-15 não federado feminino. 

O 37° Intercolegial é apresentado pelo Sesc, realizado pelo jornal O GLOBO e produzido pela Abadai Eventos. 

Fonte: Site oficial do Intercolegial