Beach Soccer: Goleira processa o Vasco

31/07/2018 às 08h04 - CLUBE

A goleira de futebol de areia do Vasco da Gama, Eliane Oliveira, partiu para a 24ª Vara Cível contra o clube. Alega que não recebeu qualquer assistência médica por parte do cruz-maltino quando sofreu uma torção no joelho direito durante o 1º Campeonato Brasileiro Feminino de Beach Soccer, disputado no Espírito Santo, em julho do ano passado. Eliane garante que teve atuação fundamental na conquista do título. Mas sofreu com as dores depois de passar por um hospital local.

Já de volta ao Rio, recebeu indicação médica da necessidade de fazer uma cirurgia no joelho, mas o Vasco afirmou que não teria como ajudá-la a bancar o tratamento. A atleta quer R$ 30 mil de indenização. No processo, os defensores do clube, os advogados Eduardo Abreu Biondi e Leonardo Rocha de Almeida, sustentaram que o suporte à goleira foi dado pelo Centro Esportivo de Praia Geração que usa a marca do Vasco, o que isenta o clube de qualquer responsabilidade em qualquer situação de jogo.

Foto: Reprodução da internetJustiça
Justiça

Fonte: O Dia

Enquete

Quem você gostaria que fosse o novo técnico do Vasco?

Deixe seu comentario