Justiça revoga penhora referente a CT Almirante Heleno Nunes

15/06/2009 às 21h34 - CLUBE

O Vasco está perto de finalmente concretizar a parceira com a Eletrobrás - a documentação já foi entregue e resta a assinatura do vínculo - e a futura verba deste patrocínio já esta na mira dos credores do clube.

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro revogou este mês uma liminar que concedia a penhora de parte do dinheiro a ser injetado no Gigante da Colina em caso de parceria com a estatal.

No processo, Jorge José Azevedo declara-se dono de parte do terreno em que o Vasco construiu o Centro de Treinamento Almirante Heleno Nunes, em Duque de Caxias (RJ) o que foi reconhecido pela Justiça.

Agora, ele e outros envolvidos na ação buscam o ressarcimento financeiro da parte do Vasco e haviam obtido uma liminar que penhorava R$ 1,6 milhão de um \"eventual patrocínio\".

Vasco e Eletrobrás acordaram dois anos de parceria no valor de R$ 28 milhões. O clube já apresentou os documentos pendentes na última semana e aguarda reuniões da estatal para assinar o contrato.

Fonte: Lancenet!