Imprensa

Opinião: "FFERJ permite que Árbitro pressionado pelo Botafogo, seja indicado

Como prevíamos, vem por aí mais um jogo de fortes emoções quanto ao desempenho na partida de um Árbitro de Futebol pertencente aos Quadros da FFERJ.

E isso, logo depois da Arbitragem tecnicamente confusa e incompetente como a que ocorreu durante o jogo da Semifinal entre Vasco e Fluminense, na qual se percebia claramente um desejo de causar prejuízo ao Gigante da Colina, em especial no primeiro tempo da partida, e as reações da Nação Vascaína jamais se calando e se omitindo ante às marcações equivocadas e as respectivas advertências, fez reduzir o número de erros no segundo tempo.

Na tarde de hoje, em claro desrespeito ao contido no Estatuto do Torcedor (cuja reprodução faremos mais abaixo), a FFERJ indicou para Sorteio os Árbitros Marcelo de Lima Henrique (principalmente esse pelos motivos que serão elencados abaixo) e Péricles Bassols Pegado Cortez sem qualquer consulta prévia aos Clubes participantes da Final da Taça Guanabara de 2010 e frontalmente contra ao princípio da INDEPENDÊNCIA, da IMPARCIALIDADE e da ISENÇÃO DE PRESSÕES.

Ocorre que o Árbitro sorteado já tem contra si, um grande histórico de erros e a grande maioria (para não dizer todos) a favor da Urubuzada (que segundo consta ele é torcedor declarado e apaixonado e há algumas imagens na Internet com ele vestindo a camisa deles), conforme podemos ver na descrição abaixo, algo que é no mínimo uma grande coincidência:

1 – Ele apitou Flamengo 4 x 1 Madureira, decisão da Taça Guanabara de 2007. Distribuiu quatro cartões amarelos para jogadores do Tricolor Suburbano e ainda marcou um pênalti para os rubro-negros.

2 – Ele apitou Flamengo 2 x Botafogo 1, decisão da Taça Guanabara de 2008, o famoso jogo do “chororô”. Expulsou dois atletas alvinegros e marcou um pênalti para o Fla que nenhum juiz normal daria.

3 – Ele apitou Flamengo 1 x 0 Vasco, pelo Brasileiro de 2008, e o Vasco precisava muito pontuar para fugir da zona de rebaixamento. Não deu um pênalti claro para o Vasco aos 42 do segundo tempo.

4 – Ele apitou Flamengo 1 x 0 Botafogo, pelo Brasileiro de 2008, jogo que o Fla precisava vencer para entrar no G-4. Não marcou pênalti de Bruno em Jorge Henrique, mas inventou um para o Fla no fim.

5 – Ele apitou Flamengo 1 x 0 Fluminense, pela semifinal da Taça Rio de 2009. Conseguiu aplicar nove cartões amarelos no jogo, sete para o time do Fluminense, quase todos para defensores tricolores.

6 – Ele apitou Flamengo 2 x 0 Fluminense, no Brasileiro de 2009, em jogo que a dupla Fla-Flu precisava desesperadamente da vitória. No segundo tempo, quando o jogo estava 0 a 0, deixou de dar um pênalti do goleiro Bruno em Digão.

E é justamente esse Histórico, em especial de erros clamorosos contra o nosso adversário na Taça Guanabara de 2010 que gera essa pressão prévia do Botafogo que com certeza haverá de vir, contra o referido Árbitro, e há o temor que haja a hipótese de um favorecimento que venha a beneficiar o Clube de General Severiano, afim de compensar erros anteriores e de quebra, já indicar o Botafogo para ser Finalista do Estadual de 2010 sonhando com a Urubuzada em uma nova Final entre eles, que buscam o Tetracampeonato que como vimos acima teve a decisiva participação do Árbitro em questão pelo menos em 2007 e 2008 de forma direta, nas Finais da Taça Guanabara desses anos, as quais, ele apitou.

Fica o registro e o aviso prévio de total cautela e atenção por parte da Comissão Técnica, dos Atletas e Dirigentes Vascaínos para esse jogo e da total atenção da Nação Vascaína das Arquibancadas, Camarotes e Cadeiras do Maracanã no Domingo, e que qualquer percepção de \"garfos\" no Vasco sejam rechaçadas com a veemência necessária.

Vale ainda a informação de que nesse Campeonato Carioca de 2010, o Árbitro em questão apitou somente 2 Jogos (Botafogo 2x0 Friburguense e Flamengo 5x3 Fluminense), logo cabe a solicitação de informação junto ao MINISTÉRIO PÚBLICO, à FFERJ e a COAF-RJ (link\"s abaixo) de todos nós integrantes da Nação Vascaína de quais motivos justificaram tal absurda indicação para o sorteio baseado no \"Princípio da Transparência\", que de antemão comprovam total falta de critério em tal sugestão de nome, e porque nnão haviam mais nomes (citaremos alguns abaixo).

Por último, registrar que além de Péricles Bassols Pegado Cortez (que perdeu no sorteio), os Árbitros João Batista Arruda e William Marcelo de Souza Nery, atuaram muito mais no presente certame e nada tem de desabonador quanto à atuação em jogos de ambas as Equipes e foram alijados da participação na disputa sem motivos divulgados.

Péssima e temerária escolha da FFERJ e COAF-RJ contra a qual muito pouco pode ser feito pelos Dirigentes do Vasco, exceto ao fato de começar bradar previamente quanto a suspeições de algumas escolhas e a estimular que Vascaínos ingressem nos Quadros de Árbitros da FFERJ (http://www.fferj.com.br/Sitenovo/EAFERJ/principal.asp), até mesmo com subsídios do Clube para tais Cursos, sob pena de vermos os nossos principais adversários tendo os seus representantes nesses Quadros com permanente maioria, a mesma sugestão já foi dada para as carreiras de Jornalistas e Publicitários cuja participação de Vascaínos, ainda é muito tímida.

Íntegra do Estatuto do Torcedor na parte que trata da matéria:

CAPÍTULO VIII

DA RELAÇÃO COM A ARBITRAGEM ESPORTIVA

Art. 30. É direito do torcedor que a arbitragem das competições desportivas seja independente, imparcial, previamente remunerada e isenta de pressões.

Parágrafo único. A remuneração do árbitro e de seus auxiliares será de responsabilidade da entidade de administração do desporto ou da liga organizadora do evento esportivo.

Art. 31. A entidade detentora do mando do jogo e seus dirigentes deverão convocar os agentes públicos de segurança visando a garantia da integridade física do árbitro e de seus auxiliares.

Art. 32. É direito do torcedor que os árbitros de cada partida sejam escolhidos mediante sorteio, dentre aqueles previamente selecionados.

§ 1o O sorteio será realizado no mínimo quarenta e oito horas antes de cada rodada, em local e data previamente definidos.

§ 2o O sorteio será aberto ao público, garantida sua ampla divulgação.


Fonte:

http://www.planalto.gov.br/CCIVIL/Leis/2003/L10.671.htm

**********

Canais de Comunicação com a FFERJ e MINISTÉRIO PÚBLICO para manifestarmos a nossa indignação e comprovar que Vascaíno não é otário:

FFERJ:

ouvidoriageral@fferj.com.br

ouvidoria1@fferj.com.br
(Ouvidor da Competição)

MINISTÉRIO PÚBLICO:

http://www.mp.rj.gov.br/portal/page/portal/Internet/Servicos/Ouvidoria_Geral/Fale_com_o_MP

Fonte: SÓ DÁ VASCO
Loading...
  • Sábado, 31/07/2021 às 21h00
    Vasco Vasco 0
    Botafogo Botafogo 2
    Campeonato Brasileiro - Série B Nilton Santos
  • Quarta-feira, 04/08/2021 às 21h30
    Vasco Vasco
    São Paulo São Paulo
    Copa do Brasil São Januário
  • Sábado, 07/08/2021 às 19h30
    Vasco Vasco
    Vitória Vitória
    Campeonato Brasileiro - Série B Barradão
  • Terça-feira, 10/08/2021 às 21h30
    Vasco Vasco
    Vila Nova Vila Nova
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Sexta-feira, 13/08/2021 às 21h30
    Vasco Vasco
    Remo Remo
    Campeonato Brasileiro - Série B Baenão
  • Quarta-feira, 18/08/2021 às 21h30
    Vasco Vasco
    Londrina Londrina
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Sábado, 21/08/2021 às 19h00
    Vasco Vasco
    Operário Operário
    Campeonato Brasileiro - Série B Estádio Germano Krüger