Breno participa de coletivos e fica próximo de retorno

26/06/2020 às 08h16 - FUTEBOL

Muitos não acreditavam, mas o sonho de Breno em voltar a atuar no Vasco está se tornando cada vez mais factível, após quase dois anos e uma série de cirurgias e complicações nos joelhos. Aos 30 anos, o zagueiro já participa de atividades com o restante do elenco, incluindo coletivos pelo time reserva.

No Cruz-Maltino, o departamento médico costuma classificar o processo evolutivo de um jogador em recuperação em seis fases. Antes da pandemia do coronavírus, Breno já estava na fase cinco, bem próximo de ficar à disposição da comissão técnica, mas a paralisação do futebol e a suspensão das atividades diárias no clube fizeram o defensor regredir cerca de meio degrau, passando para uma fase de transição entre a quatro e a cinco, que alterna períodos na academia com outros com bola junto ao grupo.

Novo preparador físico da equipe, Léo Cupertino prefere, porém, ainda não dar um prazo para o seu retorno: "O Breno se encontra em uma fase de transição. Ele necessita de alguns trabalhos de campo para dar seguimento ao tratamento dele. Ainda não podemos traçar um parâmetro em relação a quando o Ramon [treinador] vai poder contar com o Breno", declarou à Vasco TV.

Vendido pelo São Paulo ao Bayern de Munique (ALE), aos 18 anos, por R$ 33 milhões, Breno não atua desde 9 de agosto de 2018. Ele chegou ao Vasco em 2017, onde disputou 25 partidas e ajudou o clube a se classificar à Libertadores, tendo alguns períodos de destaque. No ano seguinte, atuou em apenas oito jogos e, desde então, não retornou mais aos gramados.

Torcida sonha em dupla com Castan

Um dos desejos da torcida vascaína é poder ver Breno formando dupla de zaga com Leandro Castan em plenas condições. Em live recente da Vasco TV, o capitão cruz-maltino demonstrou toda sua torcida pela recuperação do companheiro:

"Tenho muito carinho, respeito e admiração grande pelo Breno. Se ele não tivesse os problemas que teve, seria um dos zagueiros da seleção hoje, com certeza. Amigo pessoal que tenho. Ele está muito motivado. Torço muito para que dê a volta por cima. No que puder ajudá-lo, eu vou fazer."

Reconstituiu o ligamento colateral do joelho esquerdo

Neste último procedimento cirúrgico, Breno reconstituiu o ligamento colateral lateral do joelho esquerdo utilizando células-tronco. A ideia do departamento médico do Vasco era a de pôr fim, de uma vez por todas, aos problemas na região que atormentam o atleta desde a passagem pelo Bayern de Munique (ALE).

Somente no Vasco, por exemplo, o zagueiro realizou quatro cirurgias, sendo uma em 2017 (novembro) e três em 2018 (fevereiro, agosto e outubro).

Antes, em 2016, pelo São Paulo, Breno ficou fora de praticamente toda a temporada após operar o joelho direito para a retirada de um enxerto de cadáver colocado ainda no período em que atuou no Nuremberg (ALE), em 2010.

E, segundo o histórico de lesões do site "Transfermarket", o defensor ainda teve mais três contusões consideradas de médias a graves nos joelhos na época em que defendeu o Bayern de Munique.

Fonte: UOL Esporte