Campello diz que reprovação de contas do Vasco é 'movimento político'

08/02/2020 às 14h32 - POLÍTICA

Rio - O presidente do Vasco, Alexandre Campello, criticou a reprovação das contas do clube em 2018, ano em que assumiu a presidência. Em entrevista ao "Globo Esporte", Campello afirmou que o resultado faz parte de um "movimento político" de seus opositores.

"Eu não tenho dúvida de que esse é um movimento político. Acho que muito maior do que alguns possam imaginar. Você tem uma mudança de estatuto em curso. Essa mudança prevê a inelegibilidade do dirigente que tiver as suas contas reprovadas, e o Conselho reprova as contas do Vasco, sendo que esse balanço de 2018 foi o melhor já publicado na história do clube. Isso não foi dito por mim, mas pelo mercado. Por especialistas que conhecem a área. O próprio Rodrigo Capelo, mas muitos outros têm dito isso. Que esse foi o melhor balanço da nossa história, com resultado positivo e redução de dívida", disse o mandatário vascaíno.

As contas do Vasco de 2018 foram reprovadas em sessão do Conselho Deliberativo, realizada na noite da última quinta-feira, pelo placar de 99 a 88.

Fonte: O Dia