Campello fala sobre patrocínio, Maracanã e cutuca Fluminense

04/02/2019 às 07h20 - FUTEBOL

Ao "Tempo Extra", o presidente Alexandre Campello admitiu que o Vasco recebeu R$250 mil reais em cota do organizador do clássico com o Fluminense, sábado, no Mané Garrincha #FutGloboRadio

Alexandre Campello cutucou o Fluminense e afirmou durante o programa "Tempo Extra", da CNT: "Posse de bola não ganha jogo. Tem uma série de times que tem maior posse de bola que não saem vitoriosos."

O Tricolor teve 69% de posse de bola no clássico #FutGloboRadio

Campello sobre patrocínio na CNT: "Tem algo adiantado. O mercado está ruim. Existe uma necessidade de mudança de relação e o clube precisa fazer o parceiro ter o retorno esperado. As empresas querem dividir o risco" #FutGloboRadio

Campello, em entrevista ao "Tempo Extra", afirmou que é contra entregar o Maracanã ao Flamengo para ser administrado: "É um patrimônio do Estado. E tem que ser de todos... Vasco, Fluminense, Botafogo. É necessário um consórcio para que todos possam participar" #FutGloboRadio

Alexandre Campello detalhou a dívida do Vasco: "Eram R$640 milhões ao assumirmos. Pagamos em torno de 100 milhões em 2018, no primeiro ano da nova administração" #FutGloboRadio

Fonte: Twitter do jornalista Renan Moura/Rádio Globo