Campello irá cobrar da CBF imagens que comprovem posição legal em gol

26/10/2019 às 20h45 - CLUBE

Não ficará na reclamação de Vanderlei Luxemburgo a insatisfação do Vasco com o gol de empate do Ceará no 1 a 1 deste sábado, no Castelão, pela 28ª rodada do Brasileirão. O presidente Alexandre Campello vai questionar a CBF e solicitar as imagens que levaram o VAR a confirmar que Bergson estava em posição legal.

Para o mandatário vascaíno, as imagens exibidas pela televisão são inconclusivas e não mostram que Leandro Castan dava condição ao atacante cearense. Campello projeta ir à sede da entidade que comanda o futebol brasileiro na próxima segunda-feira.

Em entrevista coletiva, Vanderlei Luxemburgo foi firme nas cobranças ao chefe de arbitragem, Leonardo Gaciba:

- Quero mandar um recado para o Gaciba mais uma vez. As interpretações dele... Tem que ter um critério único. Vi o jogo do Flamengo contra o Grêmio, foi um árbitro argentino. Em momento algum o VAR foi chamado. Agora temos quatro árbitros no jogo. Contra o CSA não tinha câmera para analisar o lance. Mas tinha o árbitro, porra! Contra o Palmeiras a mesma coisa: o Castan fez pênalti. Contra o Corinthians foi o mesmo lance de hoje.

"Aí pega aquele negócio lá e pensa que somos idiotas. Bota onde quiser. Ele bota a régua onde quer que parta a régua. Quero ver abrir o campo, botar as placas, que são referências, para a gente ter uma referência das placas com a linha de impedimento"

Com 38 pontos, o Vasco é o 11º colocado no Brasileirão e encara o Grêmio, quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), em São Januário, pela 29ª rodada.

Fonte: Globoesporte.com