Campello usou dinheiro do Vasco para comprar ingressos para Copa do Mundo

04/12/2018 às 21h03 - CLUBE

A oposição do Vasco fez nova denúncia contra o presidente Alexandre Campello. Documentos a que a reportagem do Jogo Extra teve acesso mostram que o clube efetuou a compra de ingressos para jogos da Copa do Mundo da Rússia para seu filho, Eduardo Campello.

As entradas, mais taxas, custaram ao clube R$ 2.918,58, valor transferido da conta do Vasco para o Banco Paulista, responsável pela compra dos ingressos junto à Fifa. Foram compradas quatro entradas, duas para a partida entre Brasil e México, pelas oitavas de final, e duas para o jogo contra a Bélgica, nas quartas.

O Conselho Fiscal do clube, hoje comandado pelo grupo Identidade Vasco, da oposição, pediu explicações ao presidente e anexou ao documento e-mails que mostram que os ingressos comprados foram para uso do filho do presidente, Eduardo Campello.

Procurado, o presidente Alexandre Campello afirmou por intermédio de sua assessoria que a compra dos ingressos ocorreu pela conta do clube por se tratar de ingressos reservados pela Fifa para a CBF. A entidade, por sua vez, ofereceu os lugares para alguns clubes, o que impedia que a compra fosse feita por pessoa física.

O dirigente disse ainda que já reembolsou o clube e que já prestou o devido esclarecimento ao Conselho Fiscal.

Fonte: Extra Online

Especulação

Especulado

Você aprova a contratação de Danilo Barcelos?

Especulações Mercado