Mercado

Carlos Brazil detalha busca por reforços do Vasco

Depois da apresentação oficial da dupla Weverton e Isaque, duas das várias caras novas do Vasco para 2022, Carlos Brazil concedeu entrevista coletiva e respondeu a algumas perguntas de jornalistas. O gerente geral de Futebol detalhou a busca do clube por reforços e deixou a entender que ainda conta com Bruno Gomes e Vanderlei, que estão treinando em horário alternativos.

O clube anunciou na quarta que Bruno, volante de 20 anos revelado pelo clube, estava negociando sua saída. Brazil disse que ainda espera convencê-lo a ficar.

- (O Bruno Gomes) É um jogador muito importante para nós. Considero ele um dos melhores jogadores da posição na idade que tem. Mas é um menino que ficou um pouco assustado com tudo o que aconteceu no ano passado. Conversei com ele. Ele tem o desejo de sair do clube. A gente respeita. Ele tem consciência que a saída dele tem que ser algo benéfico para o clube. Não há nenhuma negociação em andamento agora. Havia uma possibilidade de empréstimo, mas não sei se vai acontecer - explicou o dirigente.

"Temos a esperança que uma reflexão dele faça o Bruno mudar de ideia e queira permanecer. Como ele tem o desejo de sair, o Zé precisa contar com jogadores que queiram de fato estar no Vasco. Por isso ele está treinando separado. No momento que ele virar a chave e dizer que quer ficar no Vasco, ele pode ser reintegrado", completou.

Vanderlei e Leandro Castan vivem situação parecida com a de Bruno Gomes: os dois querem sair e estão treinando separado enquanto não acertam usas saídas. Carlos Brazil disse que a possibilidade de o goleiro ser reintegrado existe.

- Estamos conversando com Castan e com Vanderlei. Há o desejo do Castan de sair. Existe uma negociação, não é simples. Precisamos conversar mais um pouco para buscar um entendimento com Vanderlei. Ainda não consegui conversar com ele. Vamos buscar a melhor situação para todos. O Vanderlei, se houver um entendimento nosso, assim como o Bruno Gomes, é um a possibilidade que ele seja reintegrado. Mas queremos jogadores comprometidos. Temos que conversar e encontrar a melhor situação para todos - explicou ele.

Por fim, Carlos Brazil disse que espera dar espaço para a base, incluindo alguns dos garotos que estão em ação neste momento na Copinha. Mas explicou que ainda busca reforços para o clube.

- Especificar um numero (de reforços) é complicado. Mas queremos um zagueiro ou dois, outro pode chegar mais para frente. Vamos ver os meninos. O Zé Ricardo quer dar oportunidade ao Ulisses, o Zé Vitor e o Pimentel estão muito bem na Copinha. O Andrey é excepcional e está na Copinha - disse ele.

"Também queremos um ou dois atacantes de imediato. Depois, mais para frente, podemos ver outras oportunidades", disse.

Veja outros pontos da entrevista de Carlos Brazil:

Busca por centroavante

- Há uma preocupação de trazer jogadores comprometidos. Não vamos trazer por trazer. Vamos trazer um atacante que a gente entenda que possa resolver. O Luis Amarilla foi uma situação que realmente existia a possibilidade, mas em determinado momento o Vélez entendeu que deveria vender o jogador. Já havia até acordo salarial, mas a situação mudou. Hoje o Vasco não tem poder econômico para comprar jogadores no mercado. Outros jogadores foram consultados, mas estamos muito tranquilos. Na hora certa vai aparecer um jogador que queira jogar num clube gigante como o Vasco. Evidente que o ideal seria trazer o Cristiano Ronaldo, mas infelizmente essa não é nossa realidade.

Matheus Barbosa

- É uma negociação que está avançada.

Muito trabalho

- Tenho dormido pouco, mas é um trabalho que me dá muito prazer. Estou muito feliz aqui,f az parte do desafio. Há uma dificuldade natural, mas não é só do Vasco. Muitos jogadores preferem jogar na Série A, com clubes que tem um poder orçamental maior. É direito do jogador escolher. O poder de convencimento tem muito a ver com o gigantismo do Vasco e com o nosso projeto. Vai muito da nossa credibilidade no mercado.

- Eu não tomei tanto não na adolescência quanto o Zé Ricardo, mas também não era muito agressivo (risos). Mas agora vamos para cima. O mais importante é trazer jogadores comprometidos, que saibam do gigantismo do Vasco e acreditem no projeto.

Carências do elenco

- Olhando o elenco, desenhando em um quadro, não é uma preocupação tão grande. Hoje já temos um desenho legal. Obviamente temos carências na zaga e no atacante. Mas não vamos trazer para cumprir tabela. Temos feito análises minuciosas, ainda que algumas contratações sejam polêmicas. Outro dia, em conversa com um executivo de futebol, ele falou que tudo é aposta, até quando temos dinheiro. Então temos que tentar diminuir os riscos, avaliando histórico, falando com profissionais, tudo isso faz com que a gente minimize o erro.

- Não estabeleço prazo, mas queremos formar o elenco o mais rápido possível. Se der para fechar para o estadual e deixarmos para completar com uma ou outra situação com jogadores que se destacaram no estadual. No ano passado aqui no Rio teve algumas boas situações que não foram aproveitadas pelo Vasco.

Comitê do futebol

- O comitê vem nos ajudando muito, com opiniões inteligentes, com pessoas capacitadas. São pessoas que mantém o diálogo em alto nível.

Fonte: Globo Esporte
  • Domingo, 28/11/2021 às 16h00
    Vasco Vasco 0
    Londrina Londrina 3
    Campeonato Brasileiro - Série B Estádio do Café
  • (26/01 - Qua) ou (27/01 - Qui)
    Vasco Vasco
    Volta Redonda Volta Redonda
    Taça Guanabara Raulino de Oliveira
  • (29/01 - Sáb) ou (30/01 - Dom)
    Vasco Vasco
    Boavista Boavista
    Taça Guanabara São Januário
  • (02/02 - Qua) ou (03/02 - Qui)
    Vasco Vasco
    Nova Iguaçu Nova Iguaçu
    Taça Guanabara São Januário
  • (05/02 - Sáb) ou (06/02 - Dom)
    Vasco Vasco
    Madureira Madureira
    Taça Guanabara Conselheiro Galvão
  • (09/02 - Qua) ou (10/02 - Qui)
    Vasco Vasco
    Portuguesa Portuguesa
    Taça Guanabara São Januário
  • (12/02 - Sáb) ou (13/02 - Dom)
    Vasco Vasco
    Botafogo Botafogo
    Taça Guanabara Maracanã