Carlos Germano prevê disputa no gol vascaíno em 2020

30/12/2019 às 08h14 - FUTEBOL

Um dos grandes jogadores da história do Vasco, Carlos Germano já aposentou as luvas, mas ainda segue presente em São Januário. Treinador fixo da posição no clube, o goleiro no título da Libertadores de 1998 vê uma disputa aberta pela camisa 1, que será disputada por Fernando Miguel, que encerrou 2019 como titular, e Jordi, que volta valorizado após ótimo Campeonato Brasileiro emprestado ao CSA.

"Com certeza terá briga e será boa. Caberá ao Abel e à comissão, em conjunto, decidir", opinou Germano.

Segundo jogador que mais disputou partidas com a camisa do Vasco, com 632 aparições, Carlos Germano elogiou bastante Jordi, que está nos planos de Abel Braga em 2020.

"O Jordi fez uma bela campanha com o CSA. É feito em São Januário, é da base. O Abel quer que ele fique, e é um acerto do Abel ter essa rapaziada da base e bem. Ele é um grande goleiro, se sente em casa em São Januário. Foi bom para ele, jogar, aparecer e mostrar toda qualidade que ele tem. Nunca duvidei do que ele seria capaz. Ele provou isso. Estamos de braços abertos para receber ele porque a gente sabe da qualidade dele", disse.

Questionado se já teria um preferido para assumir a vaga de titular, entretanto, Germano, que é funcionário do clube, elogiou o grupo e a comissão técnica, mas preferiu não opinar.

"O Abel trouxe a comissão dele toda, com o Marquinhos, treinador de goleiros, que é ótimo no que faz, por onde passou teve muito sucesso, formou muitos goleiros de qualidade e foi vitorioso. Os goleiros vão aprender muito com ele, principalmente os mais jovens, que são ótimos. O Vasco tem essa tradição de formar goleiros, e não é diferente com os meninos que estão lá, o Alexander, o Lucão, e o Marquinhos poderá fazer essa escolha", declarou.

Fonte: UOL Esporte