Carlos Leão fala do nome do CT vascaíno e já projeta primeiro treino

14/07/2020 às 08h12 - CLUBE

A pandemia do novo coronavírus adiantou o encerramento das atividades do Vasco no CT do Almirante, em Vargem Pequena. O espaço alugado abrigava as atividades do elenco profissional desde o início de 2018. Com isso, os jogadores passaram a treinar em São Januário, aumentando o deslocamento da maioria dos atletas. Entretanto, esse transtorno já tem data para terminar.

O Vasco está trabalhando a todo vapor na construção do seu próprio Centro de Treinamento, que fica em Jacarepaguá. O objetivo é inaugurar o local no dia 21 de agosto, aniversário do clube. A data cai em uma sexta-feira, portanto, a ideia é que o elenco faça o primeiro treinamento na segunda (24). A informação foi trazida pelo gestor do projeto do CT, Carlos Leão, que também é VP de finanças do Cruz-Maltino, em entrevista exclusiva ao Esporte News Mundo.

— Desejamos que os jogadores estejam treinando efetivamente no CT no dia 24 de agosto. A ideia é essa, apesar de que atualmente as coisas não estão previsíveis, com muitas mudanças de decisões por parte das autoridades.
O objetivo após a conclusão dessa primeira etapa é o clube poder contar com uma estrutura melhor do que a que tínhamos no CT do Almirante e isso vai acontecer.

O projeto saiu do papel graças aos vascaínos, que custearam grande parte das obras, através de doações e enganjamentos em campanhas. Atualmente já foi arrecadado mais de R$ 5,3 milhões, porém é necessário mais R$ 2,1 milhões para finalizar a Fase 1, que equivale a dois campos, além das edificações, que vem sendo a grande dor de cabeça para a inauguração a tempo.

— Os campos estarão prontos no mês de agosto, nossa preocupação maior para a inauguração é a parte predial para que esteja totalmente pronta ainda em agosto. A pandemia atrapalhou muito alguns fornecedores e conseqüentemente o andamento das obras, mas o trabalho tem sido árduo para que não haja atraso. Porém estamos no limite, não podemos perder mais um dia. O vice-presidente de Obras de Engenharia e Patrimônio, Pedro Seixas, tem acompanhado tudo com muita atenção.

Próximos passos

Recentemente, em vídeo divulgado pela Vasco TV, mostrou que falta pouco para o hasteamento da bandeira vascaína no CT. Apesar da proximidade da inauguração, o clube ainda promoveu um evento para que os torcedores participem de um jogo-treino no local. Os preços variam de R$ 900 a R$ 1,2 mil. Carlos Leão se mostrou empolgado com a resposta dos vascaínos.

— Teremos novidades e eventos no Nosso CT em agosto, mês de aniversário do Vasco. O hasteamento da nossa bandeira será o primeiro. Lançamos o “Treine no CT” para o dia 22 de agosto, esperando que até lá estejamos em um momento melhor em relação à pandemia, mas estamos atentos para que, se tivermos que adiar, não seja comunicado próximo a data marcada. Vendemos 12 vagas para jogar logo no primeiro dia de venda.

Batismo do CT

Com o CT próximo de estar em funcionamento, uma dúvida pairou no ar. Afinal de contas, como vai se chamar o Centro de Treinamento do Vasco? Se depender da maioria da torcida, o nome já está escolhido.

No fim do mês passado, surgiu uma campanha nas redes sociais para que o CT fosse batizado com o nome de Moacyr Barbosa, lendário goleiro do Expresso da Vitória. A ideia agrada o gestor do projeto, no entanto, o batismo oficial terá que esperar. Por enquanto, o nome escolhido já é conhecido dos torcedores.

— (Moacyr Barbosa) É o meu voto declarado há algum tempo nas redes sociais, mas nossa preocupação maior é entregarmos a obra finalizada. Por enquanto, será CT do Almirante. A ideia é fazer uma votação mais para frente, com os doadores, mas isso é só uma ideia. Hoje é CT do Almirante.

Para Carlos Leão, é necessário focar apenas na entrega do CT, evitando qualquer tipo de polêmica que possa atrapalhar o andamento das obras.

— O presidente Alexandre Campello disse que vamos discutir a melhor forma disso em um futuro próximo. Campello está certo em focarmos na entrega do CT primeiro e eu acho que precisamos evitar polêmicas políticas com a escolha desse nome. Embora tenhamos grandes vascaínos que poderiam batizar o Nosso CT, eu acredito que os doadores vascaínos, que são os donos e patrocinadores do CT, devem nomeá-lo.

Pensando nas Crias

Além do CT do Almirante, o Vasco também espera entregar outro Centro de Treinamento em 2020. Trata-se do CT das Categorias de Base, situado na Rodovia Washington Luís, em Duque de Caxias. Carlos Leão revelou que o clube está realizando obras de modernização e ampliação no local, tendo a ajuda de vascaínos ilustres.

— A Diretoria Administrativa vê como uma grande possibilidade entregar também o CT da base até o final desse ano. Atualmente tem um campo e uma estrutura pequena. A gestão está colocando recursos lá para a construção de mais três campos, mais vestiários e uma estrutura predial maior. Isso já está em andamento. Os recursos financeiros vem do próprio clube com a ajuda de alguns vascaínos.

O CT do Vasco

A contrução do Centro de Treinamento do Vasco foi dividido em duas fases. A Fase 1 está sub-divididas em 4 etapas, com o custo estimado de R$ 7,4 milhões. O clube já arrecadou mais de R$ 5,3 milhões, dinheiro que supera o orçamento das três primeiras etapas.

Primeira Etapa – Terraplanagem e Serviços Técnicos

Valor: R$ 2 milhões
Arrecadado: R$ 2.142.899,00

Como estão as obras?
100% concluídas

Segunda Etapa – Construção do Campo 1 e Muros

Valor: R$ 1,5 milhão
Arrecadado: R$ 1.554.456,00

Como estão as obras?
Campo 1 está com 50% das obras concluídas, enquanto os muros estão com 80%

Terceira Etapa – Construção do Campo 2 e Adjacências

Valor: R$ 1,5 milhão
Arrecadado: R$ 1.646.071,00

Como estão as obras?
Campo 2 está com 40% das obras concluídas e adjacências com 20%

Quarta Etapa – Edificações do Futebol Profissional

Valor: R$ 1 milhão
Arrecadado: 8% do valor

Como estão as obras?
As edificações estão com 20% das obras concluídas

Fase 2

A segunda fase do projeto tem um custo aproximado de R$ 20 milhões. Prevê a construção de mais quatro campos e um mini-estádio.

Fonte: Esporte News Mundo