'Casaca!' divulga nota sobre o resultado que manteve as eleições no Vasco

28/03/2019 às 08h27 - CLUBE

Melancólico Fim de uma Barbaridade 

O Dr. Alan Belaciano e seu grupo, composto por Julio Brunch e Edmundo Faria, dentre menos votados, levou ao tribunal 5 escritórios de advocacia a fim de anular uma eleição que venceu. Pelo poder financeiro demonstrado, contraposto à falta total de argumentos, poderia ter levado até 10 escritórios. A goleada seria a mesma. 

Na mesma ação, Belaciano pleiteou a inelegibilidade de 160 sócios legítimos do clube, muitos que cumprem com suas mensalidades, outros remidos, todos diferentes do próprio autor, contumaz inadimplente que corrige a sua situação social sempre às vésperas de pleitos. 

Fez-se justiça hoje, na medida em que não havia justificativa rasteira que pudesse se sobrepor à tola evidência de que a chapa vencedora da eleição queria uma anulação porque seus membros brigaram entre si. Algo tão estapafúrdio quanto se declarar juiz de direito em um batalhão de polícia, sendo apenas um recém formado advogado, com intuito de suspender multas de trânsito. 

Relativamente aos 160 sócios que viram seus nomes manchados em bocas de Matildes, não resta apenas a satisfação por uma vitória que desmoraliza o autor e seus asseclas. Vale buscar a reparação pelos danos causados. 

Já o Vasco, deve repensar se aceita em seu quadro social figuras que agem deliberadamente contra o clube, são oportunistas patrocinando ações contra o clube e querem a derrubada imediata de tudo o que existe para que possam chegar a determinados postos, custe o que custar. 

Quem venceu hoje foi o Vasco, impedindo a escalada de seus muros por uma horda de sabotadores que age pelo revés da Instituição dia sim, outro também. Não pensem eles que não há vigilância. Por mais que a dissidência da chapa, que hoje comanda o clube, por vezes esteja desatenta e se mostre lenta em diversas medidas, nós não vamos sequer cochilar. 

Grupo CASACA! 

Fonte: Casaca!