Casaca! emite nota sobre entrevista de Julio Brant

30/12/2018 às 16h11 - POLÍTICA

Brunch deu uma entrevista. Pareceu mesmo algo entre café da manhã, almoço, treco similar. 

Tentou explicar suas ausências do Vasco. A “liderança” que não lidera. Tentou explicar o desempenho de seu grupo, a colcha de retalhos que lançou 2 candidatos na última eleição. Tentou fomentar a estratégia da eterna eleição, aquela na qual derrotados, mesmo que pelos membros da própria chapa, não admitem derrota.

Brunch, o café da manhã com cara de almocinho, ainda acredita que o Vasco se resolverá no discursinho mequetrefe dos executivóides de fundos fantasmas, enquanto o clube tem água cortada, mesmo sob a última versão do software do caralho inventado no último mês. 

Ele é mais do mesmo. Pior: o mais do mesmo com roupagem modernosa, que  engana os trouxas, boquiabertos com as lambices oferecidas na refeição. 

Pobre Vasco. Pobres trouxas. 

Feliz 2019. 

Foto: googleCasaca
Casaca

Fonte: Casaca!

Mercado

Não Confirmado

Você aprova a saída de Rafael Galhardo?

Especulações Mercado