Castan ignora pressão por resultado: "Pressão era quando eu tinha um tumor"

13/11/2018 às 15h52 - FUTEBOL

"Quando jogamos ali não deu para sentir a torcida adversária. Não tem um lado preferido. Me sinto em casa (em São Januário)", diz Castan #gevas

"Chegamos a uma situação no campeonato de deixar isso (pressão) de lado. Pressão para mim foi quando fiqueicna frente do médico e ele disse que eu tinha um tumor. Sempre sonhei em jogar futebol. Claro que é um momento difícil, mas cabe a nós sair disso", diz Castan #gevas
 

Fonte: Twitter do jornalista Bruno Giufrida - GE