Castan pode levantar segunda taça pelo Vasco em pouco mais de um mês

31/03/2019 às 08h53 - FUTEBOL

Leandro Castan tem na faixa de capitão ostentada no braço motivo de orgulho que não faz questão de disfarçar. Depois de celebrar a vitória sobre o Fluminense na Taça Guanabara e a chance de erguer o troféu, o zagueiro tenta repetir o gesto neste domingo, contra o Flamengo, na Taça Rio.

Quando chegou a São Januário, ano passado, Castan identificou no elenco, na rotina de treinos, oscilações que logo procurou combater. O jogador pediu intensidade no começo ao fim, cobrou os companheiros, em meio à briga para evitar mais um rebaixamento vascaíno. Ele afirma que nunca foi mal interpretado por isso.

- A rapaziada sabe que sou um cara do bem, não falo para me promover, todo mundo que eu falo, sou bem aceito. brigo por eles, são coisas de vestiário, eles sabem que podem contar comigo.

Com Werley, forma dupla de zaga que é um dos pontos fortes do Vasco na temporada. O entrosamento com os laterais Cáceres e Danilo também ajuda. Ele ainda busca sua primeira vitória sobre o Flamengo desde que chegou ao Cruz-maltino, foram dois jogos e dois empates. Terminar sorrindo o Clássico dos Milhões desta tarde é a meta para o zagueiro, que já tem a noção da importância do duelo.

- Todo jogador gosta de atuar em clássicos assim, é sempre diferente. Sei que o clássico entre Vasco e Flamengo é uma das maiores rivalidades do Brasil - afirmou o camisa 5 vascaíno.

Fonte: Extra Online