Clima pesa no Vasco após novo tropeço na Taça Rio

09/03/2020 às 16h11 - CLUBE

O clima pesa no Vasco após novo tropeço na Taça Rio. Neste domingo, o Cruz-Maltino empatou em 0 a 0 com o Volta Redonda na Cidade do Aço, pela segunda rodada da Taça Rio. Na estreia no segundo turno do Carioca, a equipe de Abel Braga já havia empatado em 1 a 1 com o Resende.

Com apenas 37,5% de aproveitamento no Estadual, o Vasco corre o risco de não se classificar para as semifinais, assim como aconteceu na Taça Guanabara.

O ambiente em São Januário já é ruim por conta da crise financeira que o clube atravessa e os salários atrasados. Dentro de campo, a equipe não encontra um padrão de jogo, tem dificuldades ofensivas e não convence a torcida. Em 2020, o Vasco tem o pior desempenho ofensivo entre as 20 equipes da Série A do Brasileiro.

Sem conseguir reverter a situação, Abel Braga segue pressionado no cargo. A equipe está viva em três competições, no Carioca, Copa do Brasil e Sul-Americana. Mas o desempenho não credita o Vasco a ir longe em nenhuma delas, e a permanência do treinador fica ameaçada a cada rodada.

Após a partida em Volta Redonda, Abel falou sobre o momento do clube: “Não conversei com o presidente. Conversei com o Mazzucco (Diretor de Futebol). Vi que o presidente estava ali de pé, mas não falamos. Se tiver que falar algo, problema nenhum. A relação é normal. A situação está complicada para todo mundo, não é só para o Abel ou para o presidente. Quem sofre mais com isso é o torcedor, a razão de o clube ser”.

Fonte: Site Vasco Noticias